Por onde andam os jogadores que disputaram a Copa do Mundo de 1974 pelo Brasil?

Atletas defenderam o título mundial, mas não conseguiram sucesso

Matheus Camargo
Colaborador do Torcedores

Crédito: Allsport UK /Allsport/Getty Images

Poucos lembram dos jogadores do Brasil que foram para a Copa do Mundo de 1974 e tentaram defender o título mundial da Seleção, que foi campeã em 1970.

Siga o Torcedores no Facebook para acompanhar as melhores notícias de futebol, games e outros esportes
https://www.facebook.com/TorcedoresOficial

Veja abaixo todos os jogadores do Brasil na Copa do Mundo de 1974 e por onde anda cada um deles:

Emerson Leão – O ex-goleiro se tornou treinador e seu último trabalho foi em 2017, como diretor de futebol da Portuguesa. Recentemente revelou que tem sido procurado por clubes da Série A para voltar a ser técnico

Renato – O ex-goleiro atualmente é comentarista de uma rádio em Minas Gerais

Waldir Peres – O ídolo do São Paulo foi treinador de futebol após deixar os gramados, mas morreu após um infarto fulminante em 2017

Luís Pereira – Atualmente vive na Espanha, onde trabalha nas divisões de base do Atlético de Madrid, clube que é ídolo

Marinho Peres – Foi treinador de futebol após a aposentadoria e trabalho até 2011, quando dirigiu o Belenenses, de Portugal

Zé Maria – O ex-lateral e ídolo do Corinthians atualmente mantém um projeto que ajuda menores infratores a serem ressocializados

Piazza – O ídolo do Cruzeiro atualmente comanda a Federação das Associações de Atletas Profissionais (FAAP)

Marinho Chagas – O ex-lateral foi comentarista esportivo na Band Natal até sua morte, em 2014, após uma hemorragia digestiva

Jairzinho – O ídolo do Botafogo participa constantemente de projetos do clube, já se candidatou ao cargo de vereador no Rio de Janeiro e é pai de Jair Ventura, técnico com passagens pelo próprio Botafogo, Santos e Corinthians

Leivinha – O ex-jogador do Palmeiras é tio do volante Lucas Leiva, da Lazio. Atualmente é comentarista esportivo

César Maluco – O ex-atacante teve problemas de saúde após a carreira, mas atualmente está recuperado e tem um programa na TV fechada, no Canal de São Paulo

Rivellino – O craque da Seleção de 1974 foi Rivellino, que após a aposentadoria foi comentarista do Esporte Interativo e da TV Cultura

Valdomiro – O ídolo do Internacional atualmente mora em Criciúma, onde mantém uma escolinha de futebol

Paulo Cezar Caju – O ex-meia se tornou um dos cronistas esportivos mais famosos do país e mantém uma coluna na revista Placar

Nelinho – O ex-lateral mantém uma academia em Belo Horizonte e é comentarista do portal Uai e do Superesportes

Alfredo Mostarda – O ex-Palmeiras trabalhou em um projeto da prefeitura de São Paulo para ajudar menores carentes a entrarem no mundo do futebol

Marco Antônio – O ídolo do Fluminense abandonou a carreira e passou a trabalhar em categorias de base

Carpegiani – O ex-volante se tornou um dos técnicos mais conhecidos do futebol brasileiro. Seu último trabalho foi em 2018, no Vitória

Ademir da Guia – O ídolo do Palmeiras tentou carreira política, se elegeu vereador em 2004, mas não ganhou mais nenhuma eleição desde então. Sua última tentativa foi em 2014, para o cargo de deputado estadual

Mirandinha – O ex-jogador tentou carreira como treinador, mas seu último clube foi em 2013, quando comandou o Sete Dourados-MS

Edu – O ex-ponta do Santos atualmente vive no litoral paulista e participa de projetos ligado ao alvinegro praiano

Dirceu – O meia esteve em três Copas pelo Brasil e se aposentou do futebol em 1995, no Yucatán, do México. O ex-jogador morreu no mesmo ano, poucos meses após voltar ao Brasil, em um acidente automobilístico

Leia mais:
Atacante do Grêmiofoi pivô de treta entre Vagner Love e André Rizek; relembre