Atacante do Grêmio foi pivô de treta entre Vagner Love e André Rizek; relembre

Luciano estava no Corinthians quando, sem participar, foi pivô de treta que durou anos

Matheus Camargo
Colaborador do Torcedores

Crédito: Reprodução/SporTV

O atacante Luciano, atualmente no Grêmio, foi o pivô de uma treta entre o apresentador André Rizek, do SporTV, e o atacante Vagner Love, do Corinthans, em 2015, quando o jogador do Tricolor gaúcho também defendia o Timão.

Siga o Torcedores no Facebook para acompanhar as melhores notícias de futebol, games e outros esportes
https://www.facebook.com/TorcedoresOficial

Isso porque o Corinthians brigava pelo título brasileiro no mesmo ano e Luciano era um dos destaques da equipe, mas havia acabado de lesionar gravemente o joelho e perderia o restante da temporada.

Com isso, Vagner Love, que já havia sido contratado para ser titular, mas estava em má fase, voltaria ao time titular, o que irritou o apresentador.

André Rizek então provocou e soltou a frase que iniciou toda a treta durante o programa Redação SporTV, em agosto daquele mesmo ano.

“Ele (Luciano) ficou uns sete minutos em campo mancando. Vendo a partida, fiquei imaginando se ele não ficou esse tempo todo porque o Tite sabia que Vagner Love em campo é igual a Luciano “manco”, detonou Rizek, que seguiu.

“Com todo respeito ao Vagner Love, embora ele se esforce, se doe em campo. O Love corre uma maratona pelo Corinthians, mas quando está com a bola é uma coisa constrangedora o que acontece, ele não consegue chutar em gol.”

O apresentador não parou por aí e destacou que o futebol russo e chinês tiraram o talento de Love, que brilhou no Palmeiras e no Flamengo anos antes.

“Você vê claramente que a ponte aérea mercado russo e mercado chinês simplesmente o transformou por hora em um cabeça de bagre”, criticou Rizek.

“Olha o Love que está aí perambulando pelos campos… É comovente o esforço que ele faz para jogar bem. Ele não pode ser acusado de falta de empenho. Ele briga, está marcando, perdendo gol toda hora, aparece, mas há um impacto.”

Poucos meses depois o jornalista viu Vagner Love se tornar titular absoluto do Corinthians, marcar o gol do título brasileiro sobre o Vasco, em São Januário, se transformar em artilheiro do Timão na competição com 14 gols e vice-artilheiro do campeonato com gols marcados em sua maioria no segundo turno, justamente após as críticas.

Quatro anos depois a cobrança chegou
Vagner Love mostrou que jamais esqueceu a crítica de Rizek a ele em 2015 e a cobrança chegou. Em seu retorno ao Corinthians, em 2019, o camisa 9 marcou o gol do título paulista sobre o rival São Paulo e reforçou ainda mais a ligação com o alvinegro.

Convidado a participar do Seleção SporTV, programa apresentado por André Rizek, Love lembrou o “comentário tosco” do profissional. Leia o diálogo:

“Da minha parte, como jornalista, acho ótimo quando jogadores e técnicos rebatem jornalistas. Faz a gente refletir, a gente fala muita bobagem, a gente erra, como qualquer pessoa” disse o apresentador na época, que logo foi rebatido.

“Eu sei, Rizek, como você falou bobagem em 2015…”, cutucou Love.

“E depois me desculpei…”, lembrou o jornalista, que mais uma vez foi rebatido. “Cinco dias depois”, respondeu o camisa 9 do Corinthians.

A conversa seguiu e Rizek revelou que só viu o que tinha dito após os dias citados pelo jogador do Timão, por isso demorou nas desculpas.

“(Demorei) Porque foi quando eu vi o que eu falei”, voltou a argumentar.

“Mas quando a gente erra, se a gente comete um erro muito grande, temos que refletir no dia seguinte, se possível”, reclamou Love.

“Agora, cinco dias depois… Como fiz dois gols contra o Cruzeiro (em 2015), aí você pegou e reviu sua críticas.”

Rizek então reforçou as desculpas ao jogador, que após deixar o Timão passou por times importantes da Europa como Monaco, da França, e Besiktas, da Turquia.

“Passou um clipe no qual eu assisti a crítica que tinha feito a você que não era cabível”, lamentou o jornalista.

“Ao ver esse vídeo, que eu não lembrava o que tinha falado, fiquei com vergonha do que eu falei e pedi desculpas.”

“Não lembrar o que fala é complicado, hein”, rebateu mais uma Love.

“Acontece, mas se você não aceitou as desculpas eu peço de novo”, encerrou o jornalista.

Assista à discussão:

Leia mais:
Sérgio convidou Marcos para morar em sua casa poucos dias após casar; conheça uma das histórias mais cômicas dos ídolos do Palmeiras