Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Tianjin Tianhai, ex-time de Alexandre Pato, decreta falência na China

Alexandre Pato atuou por duas temporadas o Tianjin Tianhai

Wilson Pimentel
Jornalista esportivo desde 1998. Cobriu os principais eventos esportivos da última década. Passou pelas redações do SBT, Record TV, CNT, Esporte Interativo, Rádio Tupi, Rádio Brasil e Rádio Manchete. É correspondente de veículos de comunicação da Colômbia, Croácia, Paraguai e Portugal. Está no Torcedores.com desde 2019.

Crédito: Rubens Chiri/São Paulo FC

Um dos fundadores da Superliga da China, o Tianjin Tianhai teve um triste fim. Atolado em dívidas, o ex-clube de Alexandre Pato foi excluído da primeira divisão do país pela Associação Chinesa de Futebol. A CFA deu um prazo máximo até o final deste mês para os donos do clube, concluírem a venda a um grupo de investidores ou saldarem as dívidas, mas o plano não deu certo e a equipe não irá mais atuar profissionalmente.

Aniversário CLUBE EXTRA

Clique e veja as melhores promoções!

Cartão de crédito sem anuidade? Abra sua conta Meu BMG agora!

Você conhece o canal do Torcedores no Youtube? Clique e se inscreva!

Siga o Torcedores também no Instagram

Em janeiro de 2019, o fundador do clube, Shu Yuhui, foi preso por atividades ilegais de marketing. De acordo com a imprensa chinesa, o dirigente também é acusado por crimes de fraude, estelionato, falsidade ideológica e lavagem de dinheiro. Ainda segundo a imprensa local, Yuhui sofre investigação por corrupção política que é punido com pena de morte.

Com dívida superior a US$ 1 milhão (R$ 5,7 milhões), o clube fez péssima campanha no último Campeonato Chinês. Com isso, o Tianjin Tianhai terminou na 14ª colocação e se livrou do rebaixamento na última rodada. A imprensa chinesa noticiou que atletas chegaram a abrir mão de 25% de seus vencimentos durante a pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

A Superliga da China estava programada para ser iniciada em fevereiro. Porém, a competição foi adiada por causa da disseminação do vírus no país. A princípio, Zhenhua Chi, presidente da Associação Chinesa de Futebol, trabalha com a possibilidade de iniciar a competição na primeira quinzena de junho.

Com a falência do Tianjin Tianhai, a CFA passou a vaga para o Shenzhen FC, rebaixado para a segunda divisão no ano passado, comandado pelo técnico italiano Roberto Donadoni, que fez sucesso com meia atuando por Milan e Atalanta nas décadas de 80 e 90.

Alexandre Pato foi o maior astro do Tianjin Tianhai

Alexandre Pato atuou por duas temporadas pelo Tianjin Tianhai. Nesse ínterim, ele disputou 58 partidas e marcou 14 gols. Apesar de não ter conquistado títulos, o atacante era tratado como um popstar no futebol chinês. O jogador morava em um condomínio de luxo pago, além, é claro de outros mimos proporcionados pelo clube.

Porém, Shu Yuhui não conseguiu bancar por muito tempo a ostentação Alexandre Pato que incluía carros importados e jato particular. Posteriormente, o clube entrou em colapso financeiro. Logo depois, o brasileiro rescindiu amigavelmente seu contrato para retornar ao São Paulo.

Além de Alexandre Pato, o Tianjin Tianhai teve outras estrelas do futebol como o meia belga Axel Witzel e o atacante francês Anthony Modeste, além do técnico italiano Fabio Cannavaro que comandou o clube em duas temporadas.

LEIA MAIS: