Ainda dá? Europeus levam grande vantagem contra sul-americanos no Mundial; compare os números

Corinthians foi o último time sul-americano a derrotar uma equipe do continente europeu na competição

Rafael Brayan
Apaixonado pelo estudo do esporte mais praticado no mundo.

Crédito: Kaz Photography/Getty Images)

Neste domingo (17), a TV Globo transmitirá a final do Mundial de Clubes de 2012, quando o Corinthians enfrentou o Chelsea, da Inglaterra, e venceu a equipe no Japão. A conquista alvinegra foi a última de um time da Conmebol contra os clubes que vencem a Liga dos Campeões da UEFA.

Siga o Torcedores no Facebook para acompanhar as melhores notícias de futebol, games e outros esportes

Das últimas 13 edições do Mundial de Clubes, apenas o Corinthians conseguiu conquistar o Mundial. A última conquista antes disso foi o Internacional, em 2006, quando venceu o Barcelona de Ronaldinho Gaúcho. Um ano antes, o São Paulo derrotou o Liverpool com gol de Mineiro.

Com cada vez mais dinheiro, a distância entre o nível do futebol europeu e do sul-americano aumentou nos últimos anos. Real Madrid, Barcelona, Bayern de Munique, Milan, Inter de Milão e o Liverpool venceram o Mundial de Clubes contra equipes da América do Sul.

Pegando desde a Copa Intercontinental, essa é a principal era de superioridade da Uefa contra equipes da Conmebol na competição. Ao todo, são 33 títulos europeus contra 26 conquistas das equipes da América do Sul.

1960 – 1978
8x UEFA
9x CONMEBOL

1979-1991
5x UEFA
9x CONMEBOL

1992-2006
8x UEFA
8x CONMEBOL

2007-2020
12x UEFA
1x CONMEBOL

Placar do Mundial (1960-1994): América do Sul 20 x 13 Europa
Placar do Mundial (1995-presente): Europa 20 x 6 América do Sul

LEIA MAIS:

Você lembra tudo sobre a final da Libertadores de 2019 entre Flamengo e River Plate? Faça o quiz!

Qual foi a premiação do Corinthians pelo título do Mundial de Clubes de 2012?