Zidane terá grande “problema” para resolver no retorno do Real Madrid aos treinamentos

Técnico francês tem muitas opções no elenco do Real Madrid e terá de sacrificar alguns nomes

Matheus Expedito
Jornalista formado pela Faculdade Cásper Líbero. 22 anos. Amante do esporte bem jogado e admirador de boas histórias.

Crédito: Divulgação/Real Madrid

Com o futebol paralisado em quase todo o Velho Continente, os clubes tiveram tempo de recuperar os jogadores que estavam no Departamento Médico. É o caso do Real Madrid, comandado por Zinedine Zidane, que terá um ataque recheado com sete opções: Gareth Bale, Lucas Vázquez, Brahim Díaz, Vinícius Jr. Rodrygo, Hazard e Marco Asensio. Os dois últimos citados se recuperaram de lesões durante a quarentena.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram


Agora a grande questão é como dar oportunidades a todos esses jogadores, sendo que seis deles têm passagens por suas respectivas seleções – com exceção do espanhol Díaz, que provavelmente ficará atrás na corrida. Isso sem mencionar que os centroavantes Benzema e Mariano Díaz também podem atuar pelas beiradas do campo, o que pode aumentar a concorrência.

O único que parece ser unanimidade é o belga Eden Hazard, contratado para ser a grande estrela da equipe, mas que acabou prejudicado pelas lesões neste início de trajetória no Real Madrid. Teoricamente, o segundo colocado desta lista é Vinícius Jr., que vinha em alta no clube antes da paralisação por conta do Covid-19 – inclusive marcou um dos gols na vitória contra o Barcelona.

E quem pode perder espaço de vez é o garoto Rodrygo, que começou muito bem a temporada, mas perdeu espaço mesmo com as boas atuações. O galês Gareth Bale é outro que tem tido dificuldades para retomar o bom futebol e pode ser negociado em breve, sendo alvo de clubes da Premier League. O também brasileiro Reinier não deve ser utilizado por enquanto, permanecendo no Castilla até segunda ordem.

LEIA MAIS: