Após governador destacar que “futebol não é prioridade”, Grêmio adota nova medida e muda de casa para treinar

Decisão de ir treinar em Santa Catarina, no campo do Criciúma, foi definida em nota oficial do Grêmio

Eduardo Caspary
Jornalista formado pela PUCRS em agosto de 2014. Dupla Gre-Nal.

Crédito: Foto: Divulgação/Grêmio

Em meio à nona semana de treinamentos físicos dentro do CT Luiz Carvalho, o Grêmio decidiu dar um passo além para poder iniciar trabalhos coletivos – algo ainda proibido no Rio Grande do Sul. Em nota oficial, o clube comunicou que vai terminar a preparação em Criciúma, em Santa Catarina.

Siga o Torcedores no Facebook para acompanhar as melhores notícias de futebol, games e outros esportes

A decisão surge um dia depois do governador gaúcho Eduardo Leite destacar que o “futebol não é prioridade”, deixando o retorno do Gauchão ainda mais longe.

“O retorno do futebol neste momento não é uma prioridade. Por mais que seja portões fechados, provocará aglomerações entre amigos. Precisamos ganhar tempo”, afirmou, antes de concluir:

“Mas estamos discutindo o formato de poder garantir a conclusão e usar a pista toda para que o retorno aconteça no último momento possível, antes que a CBF projete retorno em nível nacional. Não tem analise de fragilidade (do protocolo), parece consistente, a FGF fez um bom trabalho. Estamos debruçados sob os protocolos para dar o retorno provavelmente ainda nesta semana”, comentou, em alusão à proposta de retorno da FGF.

A nota oficial do Grêmio:

“Devido ao posicionamento do Governo Estadual em mencionar que o retorno do futebol não é prioridade em sua pauta, o Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense vem a público comunicar a necessidade de concluir sua preparação física, levando em conta todos os protocolos de saúde adotados para o retorno do elenco às atividades no CT, seguindo com rigidez as recomendações sanitárias para a volta aos trabalhos, diante do enfrentamento à pandemia da Covid- 19. 

Nesse sentido, o Clube decidiu, não havendo o pleito do futebol atendido, procurar praças fora do Rio Grande do Sul visando à progressão dos treinamentos para atividades de contato, com vistas ao reinício do Campeonato Brasileiro, previsto para 09 de agosto. Por uma questão de proximidade com o RS, a praça definida será ao Sul do estado de Santa Catarina, no município de Criciúma. Reiteramos o entendimento de que a decisão do Governo do Rio Grande do Sul é legítima, porém, o Grêmio defende uma conduta de enfrentamento reconhecida pela eficiência de procedimentos que tem mantido a integridade física de seus atletas e colaboradores, respeitando todas as determinações das autoridades públicas e de saúde, mas sobretudo acreditando que o futebol precisa também sobreviver ao momento, que é difícil a todos os segmentos da sociedade”.

Incluindo os desta última segunda-feira, o Grêmio já submeteu jogadores e funcionários a 408 testes de coronavírus desde a retomada dos treinamentos, no início de maio. Apenas Diego Souza, já recuperado, deu positivo na retomada dos trabalhos. A data da viagem a SC ainda não foi definida, e o elenco tricolor deverá ficar de uma semana a 10 dias no estado vizinho.

LEIA MAIS:

Ex-Inter comentário de Maurício Saraiva sobre “Barcelona desfalcado” em 2006: “Perdeu a chance de ficar calado”

Alex não segura emoção e vai às lágrimas ao rever gol do amigo Fernandão na final de 2006 contra o São Paulo

Barrios revela que recusou proposta do Inter após conquistar a Libertadores de 2017: “Eu respeito o Grêmio”

Siga o autor:

No YouTube

No Instagram