Ex-Inter critica comentário de Maurício Saraiva sobre “Barcelona desfalcado” em 2006: “Perdeu a chance de ficar calado”

Jornalista da RBSTV comentou ao vivo o antes e depois da reprise de Inter 1×0 Barcelona neste domingo

Eduardo Caspary
Jornalista formado pela PUCRS em agosto de 2014. Dupla Gre-Nal.

Crédito: Foto: Reprodução

A torcida colorada desaprovou o comentário inicial do jornalista Maurício Saraiva neste domingo, quando a RBSTV retransmitiu a final do Mundial de 2006 vencida pelo Inter por 1×0 diante do Barcelona. Antes da bola rolar novamente, o comunicador lembrou que o time espanhol chegava “desfalcado” à decisão.

Siga o Torcedores no Facebook para acompanhar as melhores notícias de futebol, games e outros esportes

Ele fazia referência ao então titular Samuel Eto’o e ao ainda jovem Lionel Messi, que não tinha a mesma afirmação de tempos depois.

“Não que o Inter tenha alguma coisa a ver com isso, mas o Barcelona chegou na partida desfalcado do Eto’o e do Messi”, comentou Saraiva antes do início do VT.

Nas redes sociais, o ex-assessor de imprensa do Inter, José Evaristo Villalobos, o Nobrinho, que exerceu o cargo do final da década de 90 a 2013, rebateu o posicionamento do comentarista:

“Relatam que Maurício Saraiva disse que o Inter venceu um Bercelona desfalcado. Messi era um menino na época, o Eto’o, sim, fez falta., Assim como o Renteria, no Inter. Maurício perdeu ótima oportunidade de ter se calado. Parece que o sucesso do Inter o incomoda….Que pena!!!!”, postou no Twitter.

O Inter, vale lembrar, também tinha os seus desfalques. Por lesão, Mossoró e Rentería, que poderiam ser opções de Abel Braga, não viajaram. O treinador também já não contava mais com Bolívar, Jorge Wagner, Tinga e Rafael Sobis, vendidos em agosto após o título da Libertadores sobre o São Paulo.

LEIA MAIS:

Alex não segura emoção e vai às lágrimas ao rever gol do amigo Fernandão na final de 2006 contra o São Paulo

Barrios revela que recusou proposta do Inter após conquistar a Libertadores de 2017: “Eu respeito o Grêmio”

Siga o autor:

No YouTube

No Instagram