Arrascaeta? Daniel Alves? Felipe Melo? Saiba quais astros do futebol já declararam seu amor ao Boca Juniors

Conhecido mundialmente, o Boca Juniors habita os sonhos de grandes nomes do futebol mundial

Wilson Pimentel
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Lucas Figueiredo /CBF

O Boca Juniors é considerado o maior clube do futebol argentino. De acordo com o Equis, instituto de pesquisa da Argentina, o clube possuí 16,4 milhões de torcedores em todo país. É, portanto, o time com mais seguidores superando os rivais River Plate, Independiente, Racing e San Lorenzo.

Você conhece o canal do Torcedores no Youtube? Clique e se inscreva!

Siga o Torcedores também no Instagram

Entre 1905 e 2020, o Boca Juniors empilhou muitas taças: Mundial de Clubes (3), Copa Libertadores da América (6) e o Campeonato Argentino (34). Por isso, é apontado como o maior clube da América do Sul e um dos dez times mais conhecidos do mundo. Porém, essa história não poderia ser construída sem a presença de grandes craques.

Antonio Rattín, Carlos Tevez, Catta Díaz, Claudio Caniggia, Diego Armando Maradona, Fernando Navarro Montoya, Gabriel Batistuta, Juan Román Riquelme e Martín Palermo são ídolos máximos do Boca Juniors. Além disso, os estrangeiros Óscar Córdoba, Pedro Iarley e Roberto Cabañas cravaram seus nomes na história do clube.

Afinal, a grandeza do Boca Juniors sempre conseguiu despertar a curiosidade e atrair grandes jogadores para o futebol argentino. Nesta sexta-feira (12), só para exemplificar, o atacante venezuelano Salomón Rondón, do Dalian Yifang, da China, declarou ao “As”, da Espanha”, que sonha em vestir a camisa “Azul y Oro”.

Mas afinal, quantos jogadores já manifestaram publicamente o desejo de atuar pelo Boca Juniors? Com isso, o Torcedores.com fez uma lista de astros da bola que não descartam jogar no futebol argentino. Confira!

Arda Turan

Tem contrato com o Barcelona até 30 de junho. Porém, será dispensado pelo clube catalão. Por outro lado, o Baseksehir também informou que não irá renovar com o jogador. Em entrevista ao canal argentino “TyC Sports”, Turan revelou que foi oferecido ao Boca Juniors onde planeja encerrar a carreira com a camisa “Azul y Oro”.

“O Boca Juniors é um dos maiores clubes do mundo. Seria maravilhoso poder encerrar a carreira vestindo a camisa do clube. Após encerrar minha passagem no Basaksehir, é uma possibilidade que vou considerar”, disse.

Cesc Fàbregas

Com passagens por Barcelona, Arsenal e Chelsea, o astro espanhol está vinculado ao Monaco até junho de 2022. Em 2019, Cesc declarou à rádio espanhola “Super Deportivo” que gostaria de atuar no futebol argentino antes de se despedir do futebol.

“Acho que o Campeonato Argentino é muito competitivo. Uma liga muito agressiva, com jogadores muito talentosos. Seria um prazer jogar lá. Acho que é uma competição que agrada muito aqui na Europa. Gostaria muito de ter a oportunidade de atuar no Boca Juniors antes de encerrar a minha carreira. É um clube com uma história gigante”, revelou.

Daniel Alves

O capitão da Seleção Brasileira tem contrato com o São Paulo até dezembro de 2022. Aos 36 anos, o ex-lateral de Barcelona, Juventus e Paris Saint-Germain não planeja o fim da carreira. Porém, o craque revelou ao jornalista argentino Andrés Cantor que não seria ruim jogar no Boca Juniors antes de pendurar as chuteiras.

“Não seria mau, as pessoas sabem o carinho que tenho pelo Boca. E não é porque as pessoas dizem que o Boca é grande e blá blá blá. Não, sempre foi algo que me despertou uma coisa diferente. Quando você vê futebol, não sei por quê, mas há algumas situações que te fazem se identificar. Foi assim quando fui para o Barcelona”, declarou.

Darío Benedetto

O atacante trocou o Boca Juniors pelo Olympique de Marselha em agosto de 2019. Porém, o craque argentino não esquece seu clube de coração. Em entrevista ao canal argentino “Telefé”, Benedetto disse que já faz planos para voltar a vestir a camisa “Azul y Oro”.

“Se você me perguntar, é o que mais desejo na minha vida é voltar a jogar no Boca Juniors. Fiquei muito triste em perder o River Plate a Copa Libertadores da América. Não há frustração maior na minha carreira. Espero um dia poder superar essa dor e dar ao torcedor do Boca esse título”, disse.

Felipe Melo

O volante, de 35 anos, tem contrato com o Palmeiras até dezembro de 2021. Porém, isso não impediu que o Boca Juniors fizesse uma sondagem pelo ex-jogador de Juventus e Galatasaray no começo desta temporada. Em entrevista ao jornal “Clarín”, Felipe Melo revelou que o clube é o seu “time de coração” na Argentina.

“Eu sou torcedor do Boca, sempre disse: me encanta a torcida, todo o ‘mundo’ do Boca, tenho ídolos do Boca. A torcida argentina te dá vontade de chorar. Eu joguei no futebol turco e os torcedores de lá são tão loucos como os argentinos. Mas é difícil dizer se vou jogar no Boca ou se vou sair do Palmeiras. Eu penso no presente. A única coisa que sei do futuro é que falta pouco para eu deixar o futebol. Não sei se dois, três, quatro anos, mas passa rápido”, contou.

Giorgian De Arrascaeta

Considerado um dos maiores ídolos da história recente do Flamengo, De Arrascaeta conquistou a Recopa Sul-Americana, a Copa Libertadores da América, a Supercopa do Brasil e o Campeonato Brasileiro com a camisa rubro-negra. Porém, o craque uruguaio revelou ao canal brasileiro “Fox Sports” que é torcedor Xeneize.

“Sou torcedor do Boca. Quando pequeno, sempre tive o Riquelme como ídolo, então tenho um grande carinho pelo clube. Foi um dos melhores jogadores que eu vi jogar. Desejo que algum dia possa ter a oportunidade de jogar no Boca. Mas, agora não é o momento. É meu primeiro ano no Flamengo e estamos conquistando grandes coisas, mas gostaria de jogar na Bombonera”, contou.

LEIA MAIS:

Onde entra Marrony? Saiba quais foram as 10 maiores vendas da história do Vasco