Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Jussier Formiga diz que vai deixar amizade de lado e “sair na mão” com Alex Perez

Lutadores se conhecem desde 2010 e vão se encontrar no UFC 250, em Las Vegas

Romário Pereira de Carvalho
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Reprodução | Instagram: Jussier Formiga

O sonho de disputar o título dos moscas do UFC se tornou mais distante para Jussier Formiga. Após duas derrotas em sequencia, ele ficou mais longe do ‘title shot’. Em busca de uma recuperação e ainda sonhando em lutar pelo cinturão da categoria, o brasileiro volta a lutar neste sábado (6), no UFC 250, Las Vegas (EUA), diante de Alex Perez, que tem uma relação de amizade com o potiguar.

Siga o Torcedores no Facebook para acompanhar as melhores notícias de futebol, games e outros esportes

Apesar de ressaltar grande amizade com o adversário, que começou em 2010 no evento Tachi Palace Fights, Formiga promete esquecer o clima amistoso dentro do octógono e afirma que irá “sair na mão” contra o americano.

“Eu conheci o Alex (Perez) há dez anos, em Lemoore (Califórnia), na cidade natal dele, onde eu lutava em um evento chamado Tachi Palace Fights. Ele já era um moleque talentosíssimo, treina wrestling desde os nove anos de idade. É muito bom de wrestling. Ele estava começando a carreira dele no (MMA) amador”, disse Jussier ao AgFight.

“É um cara que sempre se importou comigo, e eu sempre me importei com ele. Mas infelizmente é isso, nós somos profissionais, lutamos na mesma liga. Então, nós sabíamos que isso um dia poderia acontecer. Tem que separar isso no sábado e sair na mão. Vai ser um pouco diferente por isso, mas, como eu falei, a gente é profissional. É todo mundo correndo atrás do mesmo sonho. Não tem como fugir disso”, explicou Formiga.

Após vencer quatro lutas consecutivas, Jussier Formiga sofreu duas derrotas em sequência, para Joseph Benavidez e Brandon Moreno, esta última no UFC Brasília, primeiro evento realizado já sem a presença do público por conta da pandemia do novo coronavírus.

LEIA MAIS SOBRE UFC

Gilbert ‘Durinho’ mira Colvington caso não receba ‘title shot’: “É pessoal”

Amanda Nunes defende o cinturão mais uma vez no UFC 250