Geração 91: Seleção que perdeu Mundial sub-20 revelou 5 craques para o futebol brasileiro

Equipe de craques perdeu para Portugal de Figo na decisão

Matheus Camargo
Colaborador do Torcedores

Crédito: Roberto Carlos #11 of the Brazil All Stars go up for the ball in the second half / Getty Images

A Seleção Brasileira teve uma de suas gerações mais talentosas no início dos anos 90 e foi para o Mundial sub-20 de 1991 como franco favorito ao título.

Siga o Torcedores no Facebook para acompanhar as melhores notícias de futebol, games e outros esportes
https://www.facebook.com/TorcedoresOficial

Recheado de grandes jogadores, com centroavante do Milan e atletas de gigantes do futebol nacional, o Brasil passou por cima dos adversários, mas parou em Portugal na decisão.

A equipe de Luís Figo, Rui Costa e Abel Xavier segurou o empate por 0 a 0 e levou o título nos pênaltis.

O Brasil, porém, viu uma geração de bons jogadores se consolidar e formou ao menos 5 craques e ídolos de clubes importantes. Veja abaixo:

Roberto Carlos
Para muitos o maior lateral-esquerdo da história, o lateral ainda fazia parte da base do União São João de Araras quando foi para o Mundial sub-20 de 1991 e ajudou a Seleção a chegar à final. Pouco tempo depois assinou com o Palmeiras e explodiu para o mundo do futebol.

Paulo Nunes
Ainda um jovem atacante do Flamengo, Paulo Nunes foi o único liberado pelo clube para a competição e usou sua tradicional camisa 7 no torneio. Pouco tempo depois saiu para brilhar por Grêmioe Palmeiras, clubes no qual é ídolo.

Ramon Menezes
Cria da base do Cruzeiro, Ramon era um meia talentoso e muito jovem em 1991, ano do Mundial, até por isso ficou no banco de reservas. Pouco tempo depois saiu e brilhou por Vitória e Vasco, clube no qual é ídolo.

Élber
Formado pelo Londrina, o atacante já pertencia ao Milan no ano da competição e começava sua caminhada europeia. Foi o camisa 9 no torneio de base e retornou ao time italiano com outro status, mesmo com a derrota na final. Se tornou ídolo no futebol alemão, onde passou por Stuttgart e Bayern de Munique.

Sérgio Manoel
O meia pertencia ao Santos em 1991 e foi já como jogador profissional ao Mundial, quando usou a camisa 11. O atleta rodou por empréstimos após o torneio e se firmou no Botafogo, onde foi campeão brasileiro em 1995 e se tornou ídolo.

Outros nomes famosos que compuseram a talentosa seleção que disputou o Mundial sub-20 em 1991 foram o goleiro Roger, ex-São Paulo, os volantes Marquinhos, Ex-Flamengo e Palmeiras, e Djair, ex-Botafogo, Flamengo, Fluminense e Lazio, o zagueiro Andrei, ex-Palmeiras e Atlético de Madrid, e o lateral Ânderson Lima, ex-Santos e Grêmio.

Relembre a campanha da Seleção no Mundial sub-20 de 1991:

Leia mais:
Zé Roberto, Junior e mais: veja os 10 jogadores mais velhos a conquistarem o Brasileirão