Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Grêmio lembra ídolos do passado e se posiciona contra o racismo: “Clube de todos”

Lembrando Everaldo e Tarciso, craques que marcaram a história do Grêmio, além de Lupicínio Rodrigues, músico gaúcho e autor do hino gremista, o Tricolor repudiou os atos racistas que aconteceram recentemente

Andressa Fischer
Gaúcha, 22 anos | Escrevo sobre vôlei, futebol feminino e dupla Gre-Nal.

Crédito: Foto: Reprodução/Twitter

A morte de George Floyd chocou o mundo na última semana, quando um policial foi flagrado com o joelho sobre o pescoço de Floyd, deixando o rapaz sem conseguir respirar. Antes, os assassinatos de três crianças negras em favelas do Rio de Janeiro por tiros disparados pela polícia, já haviam causado revolta nos brasileiros.

Siga o Torcedores no Facebook para acompanhar as melhores notícias de futebol, games e outros esportes

Dessa forma, o Grêmio veio à público para manifestar o seu repúdio diante dos recentes atos de racismo. Através das redes sociais, o Imortal lembrou Tarciso, Everaldo e Lupicínio, negros e que possuem forte identificação com os gremistas.

“Inspirados por Tarcisos, Everaldos e Lupicínios, nos posicionamos por Floyds, João Pedros, Kauãs e Ágathas e por cada vida negra, que após séculos de escravidão, ainda sofrem com a violência motivada pela discriminação racial”, legendou.

Assim como o Grêmio, o Internacional também se manifestou contra o racismo

Rivais dentro de campo, mas unidos pelos mesmos ideais. Do mesmo jeito que o Grêmio se manifestou contra os atos racistas que ainda ocorrem no mundo, o Inter também usou as redes sociais e relembrou a fundação do clube.

LEIA MAIS

Internacional se manifesta contra o racismo: “Clube do povo”

Estrela do vôlei, Virna revela estar com coronavírus: “em casa”

As melhores notícias de esportes, direto para você