Internacional se manifesta contra o racismo: “Clube do povo”

Após o episódio de racismo praticado por um policial nos EUA que resultou na morte de um homem, o Internacional relembrou o passado do clube gaúcho nas redes sociais

Andressa Fischer
Gaúcha, 22 anos | Escrevo sobre vôlei, futebol feminino e dupla Gre-Nal.

Crédito: Foto: Divulgação/Twitter

Conhecido por ser o “clube do povo” no Rio Grande do Sul por sua torcida, o Internacional repudiou as atitudes racistas que aconteceram nas últimas semanas, como o assassinato do garoto João Pedro no Rio de Janeiro, e o ato de tortura seguido de morte praticado contra um homem negro nos EUA, uma série de manifestações anti-racistas começaram a acontecer no mundo.

Conheça a 1xBet:

Um novo jeito de fazer sua aposta esportiva!

Siga o Torcedores no Facebook para acompanhar as melhores notícias de futebol, games e outros esportes

Veja o post do Internacional contra o racismo:

“No país que viveu séculos de escravidão, importam por serem as que menos sonham e mais morrem. Importam por Ágatha, João Pedro e cada nome que virou estatística. Por isso, o Clube do Povo precisa se manifestar e lutar contra o racismo. Aqui, desde sempre”, escreveu via Twitter.

LEIA MAIS

Estrela do vôlei, Virna revela estar com coronavírus: “em casa”

Destaque do Minas, Thaísa reflete sobre volta por cima após grave lesão

Recém promovido à Superliga, Itajaí não paga salários há mais de três meses, e faz jogadora da seleção rifar uniforme