Internacional: plantel de Coudet tem poucas deficiências técnicas nos setores

“Fartura” no meio-campo é um dos pontos positivos do elenco do Internacional que precisa de poucas alterações no plantel de Coudet

Luis Feitosa
Jornalista graduado e amante de futebol e futebol americano

Crédito: Ricardo Duarte/Internacional

A chegada de Eduardo Coudet ao Internacional trouxe alguns jogadores para completarem o plantel ideal do treinador. O elenco que já era grande aumentou ainda mais e tem o meio-campo como setor mais cheio do Colorado com direito a muitas opções ao treinador.

Siga o Torcedores no Facebook para acompanhar as melhores notícias de futebol, games e outros esportes

O Torcedores decidiu brincar de treinador e fez uma avaliação de como está servido o elenco do Internacional e quais jogadores poderiam ser boas opções para encaixar perfeitamente no time de Coudet ao longo da temporada 2020.

Goleiros: Danilo Fernandes, Marcelo Lomba, Daniel e Keiller;

Com quatro opções, Danilo Fernandes e Marcelo Lomba devem brigar pela vaga de titular. Antes da lesão, o ex-corintiano era o titular indiscutível do Internacional, mas viu o então reserva virar o dono da posição e aproveitar muito bem o espaço entregue. Com isso, Lomba deve ser o titular da temporada 2020 com Fernandes sendo o reserva imediato.

Está em dúvida sobre qual curso de faculdade escolher?

Laterais: Heitor, Moisés, Natanael, Saravia, Rodinei e Uendel;

As laterais do Internacional estão bem servidas e com pelo menos três opções cada lado. Na esquerda, Moisés, Uendel e Natanael concorrem pela titularidade com o primeiro sendo o preferido por Coudet até a paralisação da temporada. Do lado oposto, Saravia, Rodinei e Heitor estão como os nomes da posição com destaque para o jovem colorado sendo o titular e a frente.

Com seis opções, as laterais do Inter estão bem servidas com diferentes características. Enquanto alguns nomes são jovens e melhores defensivamente, outros jogadores despontam pela força ofensiva e pela experiência na carreira.

Zagueiros: Bruno Fuchs, Rodrigo Moledo, Carlos Eduardo, Pedro Henrique, Roberto e Cuesta;

O miolo de zaga também tem boas opções com seis nomes que mesclam experiência e juventude. Enquanto Bruno Fuchs e Pedro Henrique são bons talentos que estão lapidados pelo Internacional, Rodrigo Modelo e Cuesta tem uma larga experiência no futebol e uma grande identificação com a torcida colorada. Os principais concorrentes para as duas vagas como titular são Bruno Fuchs, Moledo e o zagueiro argentino.

Meias: Boschilia, Cesinha, D’ Alessandro, Edenilson, Jonny, José Aldo, Musto, Nonato, Patrick, Praxedes, Dourado, Lindoso, Sarrafiore e Zé Gabriel;

O setor mais cheio do elenco colorado é o meio-campo que tem muitos nomes jovens e ofensivos. Para Coudet, o titular deve ser Musto enquanto Patrick e Nonato são opções para ser primeiro volante. Ao lado do argentino, o principal nome é Edenilson que já comprovou identificação com a camisa vermelha e compromisso desde quando foi contratado. Além dele, Dourado, Lindoso e Sarrafiore são opções e serão fundamentais em um calendário apertado até o final do ano.

Quem chega e quem sai dos clubes?

 

Para a parte ofensiva do meio, D’Alessandro é o titular com Boschilia sendo o reserva imediato. Nomes como Cesinha, Jonny, José Aldo, Praxedes e Zé Gabriel são jovens e precisarão ganhar experiência com o treinador para serem mantidos no plantel.

Atacantes: Marcos Guilherme, Guerrero, Peglow, Galhardo, Gustavo, Guilherme Pato, Netto e Pottker;

Tanto nas pontas como no centro do ataque, o Internacional tem bons nomes. Guerrero e Thiago Galhardo são os nomes que devem ser titulares enquanto Marcos Guilherme e Gustavo, o Gustagol, os titulares. O ideal para o Colorado seria ter opções mais experientes nas duas posições. Nomes de grande proporção como o próprio colorado Taison e um centroavante de renome seriam boas opções para fecharem o excelente plantel de Coudet.

LEIA MAIS:

Das apostas ao ídolo Fernandão: relembre as contratações que renderam um bom dinheiro ao Internacional

Para esquecer: relembre cinco momentos negativos na história do Internacional

D’Alessandro entra na onda do TikTok e faz dança divertida com os três filhos; assista