Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Das apostas ao ídolo Fernandão: relembre as contratações que renderam um bom dinheiro ao Internacional

Entre 2006 e 2020, o Internacional faturou R$ 221,2 milhões com venda de jogadores

Wilson Pimentel
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Divulgação /Fifa

A cada temporada, novos jogadores são anunciados pelo Internacional, enquanto outros se despedem para atuar em clubes diferentes. As negociações são tão comuns no futebol que os altos valores envolvidos não causam mais surpresa entre os torcedores. Por isso, o colorado se tornou uma máquina de fazer dinheiro no futebol brasileiro. Foram arrecadados R$ 221,2 milhões em vendas nos últimos anos.

Você conhece o canal do Torcedores no Youtube? Clique e se inscreva!

Siga o Torcedores também no Instagram

Historicamente, o Internacional costuma pegar pesado para convencer um jogador vestir a camisa do clube. Por isso, astros do futebol como Andrés D´Alessandro, Diego Forlán e Paolo Guerrero. Por outro lado, existem aqueles jogadores que foram contratados como apostas e que deram certo. Há, porém, alguns atletas que deixaram o Beira-Rio pela porta dos fundos.

Atualmente, o Internacional não está conseguindo ostentar o status que conseguiu nos últimos anos. Por isso, o clube está figurando na parte de baixo do ranking se compararmos as transações efetuadas por Flamengo, Grêmio, Palmeiras e São Paulo. O principal destaque fica com o atacante Nico López, que foi vendido no começo da temporada para o Tigres, do México.

Entre ida e vindas, o Torcedores.com relembrou as principais transações do Internacional nos últimos anos. O levantamento, porém, leva em consideração apenas jogadores contratados e que posteriormente foram vendidos. Ou seja, a lista não contempla atletas revelados nas categorias de base que deixaram o clube após passagem pelo time profissional. Confira!

Alecsandro

O camisa 9 atuou pelo Internacional de 2009 a 2011. Ele, nesse ínterim, disputou 120 partidas e marcou 56 gols. Pelo clube, Alecgol venceu a Recopa Sul-Americana e a Copa Libertadores da América. Logo depois foi vendido por R$ 12,2 milhões para o Vasco.

Caio

Revelado pelo Volta Redonda, o atacante defendeu o Internacional de 2013 a 2014. Caio, nesse ínterim, disputou 42 partidas e marcou 12 gols. Além disso, o ex-jogador, que passou pelo Botafogo, venceu duas vezes o Campeonato Gaúcho. Em 2015, foi vendido para o Al Wasl, dos Emirados Árabes, por R$ 6,5 milhões.

Charles Aránguiz

Em 2014, foi contratado após se destacar pela Universidad de Chile. O chileno vestiu a camisa colorada de 2014 a 2015. Aránguiz, nesse ínterim, atuou em 38 jogos e marcou 10 gols. Alpem disso, venceu duas vezes o Campeonato Gaúcho. Posteriormente foi vendido por R$ 50 milhões para o Bayer Leverkusen, da Alemanha.

Edinho

Foi um dos símbolos do Internacional nas conquistas do Mundial de Clubes e da Copa Libertadores da América em 2006. Ele atuou por sete temporadas com a camisa colorada. Edinho, nesse ínterim, disputou 232 jogos e marcou 3 gols. Logo depois, o volante foi negociado por R$ 2,3 milhões para o Lecce, da Itália.

Fernandão

O maior capitão da história do Internacional foi vendido para o Al-Gharafa, do Qatar. Em 2008, o clube do Oriente Médio pagou R$ 42 milhões pelo atacante que foi líder do time que venceu o Mundial de Clubes, a Recopa Sul-Americana e a Copa Libertadores da América. Por isso, Fernandão é considerado um dos maiores ídolos do clube.

Gilberto

O atacante teve passagem marcada por poucos gols pelo Internacional. Entre 2011 e 2013, o camisa 9 disputou 42 partidas e marcou 6 gols. Após mostrar seu faro de gol na Portuguesa, ele foi negociado por R$ 21,8 milhões para o Toronto FC, do Canadá, que disputa a Major League Soccer.

Ignacio Scocco

O argentino foi contratado com status de craque pelo Internacional. O meia, porém, não conseguiu repetir com a camisa colorada as boas atuações que teve pelo Newell’s Old Boys. No Beira-Rio, Scocco disputou 21 partidas e marcou 4 gols. Logo depois, foi vendido por R$ 35,5 milhões para o Sunderland, da Inglaterra.

Jorge Wagner

O ex-meia-esquerda foi negociado pelo Internacional após a conquista da Copa Libertadores da América de 2006. O Bétis, da Espanha, pagou R$ 4,5 milhões para adquirir os direitos econômicos do jogador que acumula passagens por Vitória-BA, Corinthians, São Paulo e Botafogo. Foram 70 partidas e 18 gols pelo Colorado.

Lucas Lima

Atualmente reserva no Palmeiras, Lucas Lima teve passagem meteórica pelo Internacional. Ele ficou apenas seis meses no clube. Com isso, disputou apenas 18 jogos e marcou 1 gol. Logo após, o meia-atacante foi vendido para o Santos. O Peixe, inclusive, pagou R$ 5 milhões para adquirir seus direitos junto ao Colorado.

Nico López

Contratado com reforço de peso em 2016, o uruguaio alternou bons e maus momentos no Internacional, mas sempre conviveu com os questionamentos dos colorados. Foram 168 partidas e 40 gols. O gringo foi negociado por R$ 41,4 milhões para o Tigres, do México.

LEIA MAIS: