Jean Pyerre desabafa sobre racismo e desigualdade social

Participativo nas redes sociais, Jean Pyerre demonstra ser craque também fora dos gramados. Desde que o caso George Floyd aconteceu, o meia tem se mostrado engajado em causas sociais, como o racismo

Andressa Fischer
Gaúcha, 22 anos | Escrevo sobre vôlei, futebol feminino e dupla Gre-Nal.

Crédito: Foto: Divulgação/Grêmio

Nesta terça-feira (03), Jean Pyerre compartilhou um vídeo no Instagram com os seus seguidores em que desabafa sobre preconceito racial. O camisa 21 do Grêmio lamentou a forma como as pessoas negras são apontadas na rua e refletiu sobre as mudanças que os últimos acontecimentos podem causar no mundo.

Siga o Torcedores no Facebook para acompanhar as melhores notícias de futebol, games e outros esportes

“Se tu não é uma pessoa reconhecida, uma pessoa famosa, qualquer lugar que tu vá, tu já é motivo de desconfiança. Então, isso infelizmente temos que lidar no dia a dia. Realmente temos que parar e ver se a gente tá indo pra um caminho certo, se depois de tudo o que está acontecendo as coisas vão mudar”, afirmou.

O meia ainda falou sobre a desigualdade social existente no nosso país e em muitos lugares no mundo não ser compreendida. E lastimou o negro precisar criar uma “casca” para sobreviver na sociedade.

Quem chega e quem sai dos clubes?

 

“Tem muita gente que não entende, porque talvez nunca vai passar por isso. Porque a gente sobrevive e tenta viver em um mundo de igualdade. Mas infelizmente não é isso que acontece”, finalizou.

Veja o desabafo de Jean Pyerre sobre preconceito racial e desigualdade social:

View this post on Instagram

✊🏿✊🏽✊🏼

A post shared by Two-one 🧠 (@10jeanpyerre) on

LEIA MAIS

Grêmio lembra ídolos do passado e se posiciona contra o racismo: “Clube de todos”