Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

La Liga sugere ‘confinar’ jogadores para evitar quebra de quarentena

Problemas com jogadores de vários clubes fazem presidente de La Liga considerar ‘concentração’ para os atletas

Victor Martins
Um homem que acredita ser jornalista, escritor e 'chato'. Decidam vocês qual será a opção escolhida.Formado na Universidade Metodista de São Paulo. No Torcedores desde 2016 ou algo parecido.

Crédito: Divulgação/Site Oficial de La Liga

A Espanha também tem visto atletas de seus clubes quebrarem regras de quarentena impostas visando a volta do futebol ao país. Por isso, La Liga pensa até em criar concentrações obrigatórias para que os atletas não violem as regras.

Siga o Torcedores no Facebook para acompanhar as melhores notícias de futebol, games e outros esportes
https://www.facebook.com/TorcedoresOficial

Segundo o jornal Mundo Deportivo, Javier Tebas, presidente da entidade que rege o Campeonato Espanhol, pensa em criar uma espécie de ‘concentração’ para que os clubes mantenham seus atletas confinados em seus centros de treinamentos ou até em hoteis para evitar saídas desnecessárias.

As medidas podem ter sido motivadas por incidentes com Nelson Semedo, jogador do Barcelona e atletas do Sevilla, que quebraram as regras de quarentena e teriam se colocado em risco de se contaminar com o coronavírus.

“Esperamos que a gente não chegue nesse extremo. Mas se vermos os jogadores indo a churrascos ou fazendo festas, não teremos outra escolha. Confiamos nos jogadores, mas se eles quiserem quebrar as regras, a liga não terá outra escolha”,afirmou o presidente de La Liga.

La Liga acordou com times e jogadores de evitar concentrações obrigatórias dos elencos no processo de retorno do futebol à Espanha. Mas Tebas assinala que os jogadores também devem retribuir tal confiança para evitar que as regras sejam mais rígidas.

“Confiamos nos jogadores quando decidimos que não iríamos fazer concentrações obrigatórias para os clubes. Mas essa confiança tem de ter um retorno. Se quebramos as regras, não será apenas a saúde da liga que será afetada, mas a da população como um todo”, avisou o dirigente.

LEIA MAIS

La Liga: relembre como foi a última rodada antes da paralisação

(Crédito da foto: Divulgação/Site Oficial de La Liga)