Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Mais vitórias brasileiras, mas com eliminação dolorida: veja como foram os quatro Brasil x Argentina em Copas do Mundo

Rivais históricas se enfrentaram quatro vezes em espaço de 16 anos em Mundiais

Matheus Camargo
Jornalista formado pela Universidade Estadual de Londrina (UEL), colaborador do Torcedores.com desde 2016, radialista na Paiquerê 91,7.

Crédito: Muller e Ruggeri em Brasil x Argentina na Copa de 1990 (Allsport UK /Allsport/Getty Images)

Brasil x Argentina ficaram frente à frente em Copas do Mundo em quatro oportunidades, todas elas em um curto espaço de 16 anos.

Siga o Torcedores no Facebook para acompanhar as melhores notícias de futebol, games e outros esportes
https://www.facebook.com/TorcedoresOficial

De 1974 a 1990, as seleções só não se enfrentaram em 1986, ano do bicampeonato argentino. Em todas as outras quatro edições, porém, se encararam e o Brasil leva vantagem no retrospecto, mesmo que a única eliminação dolorosa seja a brasileira.

Veja abaixo como foram os quatro confrontos entre Brasil x Argentina na história das Copas:

Brasil 2 x 1 Argentina – 1974 – Alemanha

O primeiro confronto entre as seleções foi na Copa do Mundo de 1974, na Alemanha, em jogo válido pela segunda fase do Mundial.

Após a primeira fase, as equipes eram divididas em dois grupos de quatro e apenas o líder iria para a final da Copa.

A Seleção venceu a Alemanha Oriental por 1 a 0 e encarou a rival Argentina no segundo jogo.

O primeiro gol do Brasil saiu aos 32 minutos do primeiro tempo após chute forte de Rivellino de fora da área. A Argentina empatou com Brindisi, três minutos depois, em cobrança de falta.

O gol da vitória brasileira saiu já no segundo tempo, quando Zé Maria cruzou na medida para Jairzinho colocar ponto final na partida: 2 a 1.

Brasil 0 x 0 Argentina – 1978 – Argentina

Quatro anos depois, na Argentina, as equipes voltaram a ficar frente à frente. Mais uma vez na segunda fase, Brasil x Argentina fizeram outra vez os segundo jogo da chave.

Dessa vez a partida foi mais equilibrada e terminou sem gols, o que seria bom para a Seleção, já que obrigaria a Argentina a vencer o Peru na última rodada por mais de quatro gols de diferença para chegar à final do Mundial.

Acontece que os argentinos conseguiram a goleada sobre o Peru e eliminaram indiretamente o Brasil da Copa do Mundo de 1978.

Brasil 3 x 1 Argentina – 1982 – Espanha

Foi o jogo mais memorável para os brasileiros na Copa do Mundo de 1982. O Brasil passou por cima da Argentina no estádio de Sarriá, venceu por 3 a 1 e encheu o país de esperança pelo tetracampeonato mundial.

A partida ficou ainda mais lembrada pelo terceiro gol brasileiro, marcado por Junior. O então lateral recebeu lindo lançamento de Zico, tocou na saída do goleiro e sambou na comemoração. Relembre:

Além do já citado gol de Júnior, Zico e Serginho Chulapa marcaram. Ramón Díaz marcou para a Argentina e Diego Maradona, craque da equipe, foi expulso.

Brasil 0 x 1 Argentina – 1990 – Itália
A entressafra brasileira não foi como o esperado e o Brasil chegou para a Copa do Mundo de 1990 com uma equipe cheia de desconfiança. Ficou em primeiro no grupo na primeira fase, mas pelo chaveamento encarou a Argentina já nas oitavas de final.

A partida foi cheia de equilíbrio e o Brasil teve chance de vencer com três bolas na trave, mas a história marcou o confronto com a suposta dopagem de Branco, que bebeu em uma das garrafas da delegação argentina no segundo tempo, em caso que foi negado veementemente pelos massagistas argentinos, mas que jamais foi comprovado.

O Brasil viu Maradona passar por cima na etapa final e encontrar Caniggia livre para marcar o gol que decretou a eliminação brasileira na Copa de 1990.

Leia mais:
Como o Brasil foi de vitória sólida sobre a Argentina para derrota e eliminação para a Itália em 1982?