Brasileirão pode receber jogos em locais incomuns e CBF terá que se preparar para uso do VAR, diz blog

CT da base do Grêmio está marcado para receber jogos

Matheus Camargo
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Divulgação/CBF

O Brasileirão 2020 pode receber jogos em locais incomuns como Centros de Treinamentos e a CBF terá que promover mudanças e investir em estrutura para se preparar para o uso do VAR, como publicou o blog do Marcel Rizzo, do UOL.

Conheça a Bet4Plus e experimente fazer uma aposta esportiva grátis, sem necessidade de depósito

Isso porque, para a primeira rodada, o CT da base do Grêmio, em Eldorado do Sul, está agendado para receber Grêmio x Fluminense, já que no momento da divulgação da tabela Porto Alegre não estava apta a receber partidas.

Com isso, a CBF terá que se preparar para mais jogos em locais pouco comuns e que não estavam homologadas no Brasileirão 2019.

Siga o Torcedores no Facebook para acompanhar as melhores notícias de futebol, games e outros esportes
https://www.facebook.com/TorcedoresOficial

O uso do VAR necessita de no mínimo oito câmeras e da sala para os árbitros, já que o projeto de um VAR remoto em uma sede única no Rio de Janeiro não foi aprovada já para 2020 para contenção de gastos.

A estrutura apenas da sala necessita de equipamentos novos, que já estão preparados nos principais estádios, mas não em CTs como o do Grêmio. Um projeto previa o uso de salas do VAR ao ar livre, mas o forte calor e possíveis chuvas atrapalhariam toda a operação.

Os clubes chegaram a questionar a CBF sobre o não uso do VAR na edição de 2020 do Brasileirão, já que os 20 dividem juntos os custos dos R$7 milhões para o funcionamento. O questionamento, porém, foi prontamente derrubado após a CBF apontar o sucesso do equipamento em 2019 e o retrocesso que seria não usá-lo.

Leia mais:
Rei da grande área? Há 22 anos, Romário marcava golaço da intermediária e mostrava que era craque em qualquer lugar