Champions League: 20 brasileiros que você talvez não lembre, mas disputaram uma final

Competição vai ter duelo entre PSG x Bayern de Munique, neste domingo (23), às 16h (de Brasília), em Lisboa

João Gabriel
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Laurence Griffiths/Getty Images

A final da Champions entre PSG X Bayer de Munique traz a campo neste domingo (23) quatro brasileiros. Philippe Coutinho pelo lado alemão; Neymar, Marquinhos e Thiago Silva pelo francês. Outros nomes importantes também já disputaram a final da competição europeia.

Jogadores como Kaká, Dida, Cafu, Ronaldinho, Roberto Carlos. Todos já estiveram em evidência por equipes importantes do torneio. Entretanto, a lista abaixo é um pouco diferente. Vamos relembrar nomes que talvez você não lembre que jogaram a grande decisão.

Confira 20 brasileiros que disputaram a final da Champions League

Flávio Conceição

O Ex-meio campista teve passagens por Palmeiras e diversos clubes da Europa, como Borussia Dortmund, Galatasaray e Panathinaikos. Mas foi no Real Madrid onde teve a oportunidade de vencer a Champions League e inclusive entrar em campo no final da partida contra o Bayer Leverkusen, na temporada 2001-02

Acompanhe as notícias do seu time pelo Facebook

Lúcio

Se Flávio Conceição teve a oportunidade de entrar no final da partida, Lúcio foi quem abriu o placar no início do duelo pelo torneio, mas a favor dos alemães. Entretanto o Leverkusen sofreu a vida e o zagueiro esperou até a temporada 2009-10 para se sagrar campeão pela Inter de Milão vencendo ao vencer o Bayern de Munique.

Sávio

O Lendário meia do Flamengo participou de duas finais de UEFA Champions League nas temporadas 1997-97 e 1999-00. Nesta última entrou no final do jogo.

Falcão

Conhecido no Brasil como “O Rei de Roma”, Falcão disputou a final da edição 83-84. Entretanto a Roma foi derrotada nos pênaltis pelo Liverpool em pleno Estádio Olímpico, na capital italiana.

Toninho Cerezo

Toninho esteve presente na mesma final que Falcão, e ainda na final da Champions League da temporada 91-92. Desta vez defendendo a Sampdoria. Entretanto, foi novamente derrotado, desta vez para o Barcelona.

Julinho Botelho

Julinho além de fazer parte da primeira academia do Palmeiras, um ano antes de se transferir para o time paulista, marcou presença na final da Champions 56-57. Ele defendeu as cores da Fiorentina, mas acabou derrotado por 2 a 0 para o Real Madrid.

Siga o Torcedores no Facebook para acompanhar as melhores notícias de futebol, games e outros esportes

Evaristo de Macedo

Evaristo marcou presença nas finais das temporadas 60-61 e 63-64. Entretanto foi derrotado em ambas as decisões. Na primeira defendendo o Barcelona e na segunda o Real Madrid, perdendo respectivamente para Benfica e Inter de Milão.

Jair da Costa

Na mesma Final onde Evaristo foi derrotado, Jair da Costa acabou campeão pela Inter de Milão. E na temporada seguinte levantou outra vez o troféu. Desta vez marcando o gol da vitória dos italianos sobre o Benfica.

Carlos Alberto

Carlos Alberto foi o caso de outro brasileiro marcando em finais. Isso aconteceu no duelo entre Porto x Monaco, pela temporada 2003/2004 da Champions League. O brasileiro abriu o placar e os portugueses levaram o título ao vencer por 3 a 0. Como curiosidade, quem ampliou foi o brasileiro naturalizado português Deco.

Giovane Élber

Giovane foi um caso curioso de um jogador brasileiro que praticamente não jogou no Brasil. Mas teve uma extensa carreira na Europa. Foi Campeão do torneio europeu com o Bayern de Munique na temporada 2000/2001.

Anderson

Com uma longa passagem pelo Manchester United, o volante esteve presente em três finais da UEFA Champions League, seja como titular ou reserva. Foi campeão na temporada 2007/2008 vencendo o rival Chelsea. Terminou como vice nas temporadas 2008/2009, 2010/2011, perdendo para o Barcelona nas duas vezes.

Belletti

O lendário Lateral direito fez o gol salvador do Barcelona na final da Champions League 2005/2006. O Barcelona não era campeão desde a temporada 1991/1992. Essa conquista deu início à fase vencedora dos catalães. E ainda na temporada 07-08, foi vice-campeão com o Chelsea, marcando um gol na disputa de pênaltis.

Gilberto Silva

Na mesma final do gol salvador de Belletti, Gilberto Silva esteve presente e assim perdendo sua única decisão de Champions, pois era um dos nomes fortes daquele Arsenal.

David Luiz

David Luiz defendeu o Chelsea na final 2011/2012 do torneio europeu, quando se sagrou campeão nos pênaltis vencendo o Bayern de Munique. David Luiz marcou um dos gols na disputa de pênaltis.

Rafinha

Rafinha foi esteve presente nesta final onde o Chelsea foi campeão. Mas na temporada seguinte foi a vez de Rafinha e Bayern vencer a Champions sobre o seu rival, Borussia.

Romário

A única oportunidade do Baixinho de disputar uma final aconteceu temporada 1993/1994. Entretanto, o Milan não tomou conhecimento do time de Cuyff, e assim venceu por 4 a 0.

Walter Casagrande

Casagrande foi campeão junto ao Porto da então Taça dos Clubes Campeões Europeus, atual UEFA Champions League. Na decisão da temporada 1986/1987, os portugueses levantaram a taça ao superar o Bayern.

Ricardo Gomes

Ricardo Gomes esteve presente em duas finais da Champions League, mas em ambas ficou com o vice-campeonato. Em 87-88 perdeu para o PSV nos pênaltis. Já em 89-90 para o Milan por 1 a 0, provando que a maldição de Bella Guttmann ainda rondava o Glorioso.

Aldair

Na equipe que foi do Benfica derrotada para o Milan na temporada 89-90, Aldair parte da defesa composta por Ricardo Gomes. Mas há quem diga que o ataque do Milan sofreu para vazar a defesa portuguesa.

Mozer

Na passagem pelo Olympique de Marselha, Mozer recebeu o apelido de Muralha. E a final da Champions 90-91 faz bastante justiça ao apelido. O empate em 0 a 0 com o Estrela Vermelha levou a decisão para os pênaltis em que os franceses perderam por 5 a 3.

LEIA MAIS
APÓS RENOVAÇÃO, DAVID LUIZ ALCANÇA MARCA NEGATIVA COM O ARSENAL NA PREMIER LEAGUE

REINIER DEIXA O REAL MADRID E ACERTA POR EMPRÉSTIMO COM O BORUSSIA DORTMUND