Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Cláusula contratual tira Muralha do jogo contra o Flamengo

Alex Muralha disputou 14 partidas pelo Coritiba em 2020

Wilson Pimentel
Jornalista esportivo desde 1998. Cobriu os principais eventos esportivos da última década. Passou pelas redações do SBT, Record TV, CNT, Esporte Interativo, Rádio Tupi, Rádio Brasil e Rádio Manchete. É correspondente de veículos de comunicação da Colômbia, Croácia, Paraguai e Portugal. Está no Torcedores.com desde 2019.

Crédito: Divulgação /Coritiba

O Coritiba já tem um desfalque certo para a partida contra o Flamengo, neste sábado, às 19h30, no Couto Pereira: o goleiro: Alex Muralha. O jogador pertence ao clube carioca e está emprestado ao Coxa até dezembro.

Siga o Torcedores também no Instagram

Você conhece o canal do Torcedores no Youtube? Clique e se inscreva!

Mas uma cláusula no contrato impede a utilização do atleta contra a equipe sua equipe de origem. A diretoria, porém, descartou a possibilidade de pagar uma alta indenização para garantir a presença do goleiro no confronto diante do time rubro-negro.

Dessa forma, surge a possibilidade de o técnico Eduardo Barroca promover o retorno de Wilson ao gol do Coritiba. Considerado um dos maiores ídolos da história recente clube Coxa Branco, o experiente goleiro defendeu o Atlético-MG no Brasileirão do último ano.

Alex Muralha foi um dos pilares do Coritiba na Série B do Campeonato Brasileiro de 2019. Além disso, ele é um dos jogadores que mais entraram em campo pelo clube nesta temporada. O goleiro, nesse ínterim disputou 14 jogos. Contratado em março do ano passado, o arqueiro teve passagem conturbada pelo Flamengo.

Em 2017, ele foi rotulado pela torcida com símbolo do fracasso do Flamengo na Copa Sul-Americana, Copa do Brasil e Campeonato Brasileiro. Logo depois, o goleiro foi emprestado ao Albirex Niigata, que disputa a segunda divisão do Japão.

No Coritiba, porém, Muralha recuperou a segurança e conquistou a torcida do Coritiba. No entanto, o goleiro voltou a ser questionado após falhar no clássico contra o rival Athletico na final do Campeonato Paranaense.

Wilson volta ao gol do Coritiba

Revelado nas divisões de base do Flamengo, Wilson fez parte da geração que revelou o goleiro Marcelo Lomba, o lateral-esquerdo Egídio, o volante Jônatas, os meias Andrezinho e Fellype Gabriel, além do atacante Jean.

Wilson, porém, deixou a Gávea sem nunca ter disputado uma partida profissional com a camisa rubro-negra. Posteriormente, teve boas passagens por Figueirense e Vitória. No Coritiba desde 2015, o arqueiro disputou 216 jogos e marcou 10 gols.

LEIA MAIS: