Home Esportes Olímpicos CPB mantém parceria com cidade japonesa para aclimatação visando Jogos Paralímpicos

CPB mantém parceria com cidade japonesa para aclimatação visando Jogos Paralímpicos

CPB mantém acordo com Hamamatsu e cidade será a primeira parada da delegação brasileira

Carlos Lemes Jr
Olá! Sou Carlos Lemes Jr e sou Jornalista formado, desde 2012, e no Torcedores, desde 2015. Matérias exclusivas pelo site publicadas nos portais IG, MSN e UOL. Escrevo sobre: futebol, mídia esportiva, tênis e basquete. Acredito que o esporte seja uma ótima ferramenta de inclusão, pois, sou cadeirante. Então, creio que uma das minhas "missões" aqui no Torcedores seja cobrir esporte paralímpico. Hobbies: ler, escrever e escutar música.

Divulgação/CPB

PUBLICIDADE

Nem o adiamento dos Jogos Paralímpicos de Tóquio para os dias 24 de agosto e 5 de setembro de 2021 mudaram os planos do Comitê Paralímpico Brasileiro. Por isso, o CPB mantém o plano original e a cidade de Hamamatsu será a primeira parada da delegação brasileira em solo japonês.

Siga o Torcedores no Facebook para acompanhar as melhores notícias de futebol, games e outros esportes

“Temos a certeza de que os Jogos de Tóquio serão uma importante alavanca para a recuperação da nossa sociedade. O evento demonstrará que o esporte é capaz de contribuir com o resgate da autoestima e a resiliência do nosso povo. Esta parceria que reafirmamos hoje será fundamental para que possamos, definitivamente, marcar a saída dessa crise mundial e o início de um novo momento muito melhor. Agradecemos Hamamatsu pelo compromisso e parceria”, afirmou o presidente do CPB, Mizael Conrado.

A manutenção do acordo foi celebrada em uma reunião online entre os dirigentes do Comitê e o   gerente de Promoção da Comissão Desportiva de Hamamatsy, Yoshinobu Sawada, e o novo diretor-geral da Promoção Cultural e Desportiva, Kimihiko Nakamura. A parceria havia sido assinada em agosto de 2017, na sede da Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência, em São Paulo.

PUBLICIDADE

O Brasil será representado por 230 atletas, aproximadamente, em 14 modalidades:   atletismo, bocha, canoagem, ciclismo, futebol de 5, goalball (feminino e masculino), natação, parataekwondo, remo, tiro esportivo, tiro com arco, tênis de mesa, tênis em cadeira de rodas, vôlei sentado (feminino e masculino). Expectativa é ficar entre o top 10 do quadro de medalhas.

“Mesmo com todo esse período da pandemia, continuamos nos preparando para receber a delegação brasileira paralímpica. Vamos mostrar a força transformadora do esporte. Esperamos, no ano que vem, todos os atletas brasileiros por aqui”, completou Kimihiko Nakamura, que falou diretamente de Hamamatsu.

Hamamatsu tem a maior colônia brasileira no Japão e tem 790 mil habitantes. A cidade se localiza ao sul de Tóquio, precisamente 260km.

Os diretores técnicos do CPB estiveram na cidade em 2019, quando visitaram as instalações esportivas que servirão para os ajustes finais da delegação brasileira antes dos próximos Jogos Paralímpicos. Todas serão adequadas a fim de propiciar as melhores condições de acessibilidade e treinamento aos atletas do Brasil.

PUBLICIDADE

LEIA MAIS

Jogos Olímpicos de Tóquio voltam a vender ingressos no Brasil