Uma década: a carreira e a experiência de Fábio Nettuno no mundo de apostas

Longa estrada como trader esportiva credencia Nettuno a passar conhecimento à diante com objetivo de crescer o número de profissionais de apostas no Brasil

Redação Torcedores
Redação do Torcedores.com

Crédito: Fabio Nettuno/Escoladaaposta.com

Estabelecer uma carreira sólida em qualquer área é difícil e exige muita paciência, esforço e dedicação. No mundo das apostas não é diferente, mas quando há o reconhecimento e a conquista do espaço é gratificante. Com Fabio “Nettuno” Bampi não foi diferente. Ele, há mais de uma década, atua no cenário de trading esportivo e atualmente compartilha todo seu conhecimento com futuros profissionais da área.

Confira a entrevista realizada por Danilo Lacalle com o Nettuno Trader

“Eu estou indo para o 11º ano que eu faço isso e compartilho bastante conteúdo pelo YouTube e Telegram desde 2014. É uma estrada que já tem um tempo muito bacana de compartilhar conteúdos sobre trading esportivo. A questão ainda é muito mítica, há muitas dúvidas sobre o que é o trader esportivo, mas é algo muito bacana e que eu curto muito fazer”, disse Fabio.

Em entrevista exclusiva para o Torcedores, Nettuno apresentou toda sua trajetória e como é a participação no início de carreira. Em um início promissor no Brasil, o trading esportivo revelou como o meio é muito democrático, mas é preciso entender que não há solução mágica para que o sucesso aconteça do dia para a noite.

“Qualquer pessoa pode ser um trader esportivo. É como perguntar, quem pode ser um médico, um advogado, mas às vezes querer não é poder. Nós temos uma questão no Brasil que todo mundo entende um pouco de futebol, até quem não gosta e isso chega até aqui. Não é assim que funciona, não há pote de ouro no fim do arco-íris. Não é fácil como imaginam e existem vários degraus para serem escalados assim como toda atividade humana. Você não consegue ganhar dinheiro logo de início, vai demorar, vai perder dinheiro, sofrer, estudar e talvez em alguns anos você começa a ganhar dinheiro. É um caminho difícil, mas não é impossível”, afirmou Nettuno.

Nettuno é um dos instrutores dos cursos disponibilizados pela Escola da Aposta para quem quer iniciar ou até mesmo se aprofundar no universo do trading esportivo.

As dificuldades do trader

Apesar de muito conhecido, o mundo de apostas é envolvido de uma grande capa que passa a impressão de que há uma possibilidade fácil de ganhar dinheiro. No entanto, Nettuno faz questão de esclarecer a questão e informar que não funciona como muitos desejam. Apesar de aceitar qualquer pessoa acima de 18 anos, um início reserva uma perda de dinheiro na medida em que ele é entregue.

“Em primeiro lugar é necessário ser maior de 18 anos. O trading permite que qualquer pessoa abra uma conta hoje e amanhã já pode operar, isso é visto como um ponto positivo, mas na verdade é ruim. Por que essa pessoa tem apenas um dia de experiência e ela vai operar contra traders que possuem 5, 10, 15, 20 anos de experiência. É como se eu colocasse um estudante de direito que passou no vestibular para conversar com membros do Supremo Tribunal Federal. Essa pessoa pode até se sobressair em um primeiro momento, mas a longo prazo ele irá perder. Muitas questões estão envolvidas como método, gestão de banca e até o emocional que é algo importante na carreira”.

“Para quem deseja iniciar, eu recomendo que comece com pouco dinheiro por que é muito provável que você irá começar perdendo dinheiro e isso é algo comum. Além disso, é necessário ter uma boa gestão de banca e ter métodos que irão guiar o seu caminho e com o tempo você consegue construir isso para ganhar dinheiro lá na frente”, confirmou.

Confira outros trechos da entrevista de Nettuno com o Torcedores

O que é e como funciona o trabalho de um trader esportivo

É similar a uma bolsa de valores em que você compra uma ação e se a empresa for bem você ganha ou se for mal, você perde. No trading esportivo é a mesma coisa, mas no lugar das empresas entram os times de futebol. Há possibilidade de utilizar o trading em uma única partida, em um campeonato completo ou apenas um período estipulado.

A importância da Escola da Aposta

São três professores de longa data no curso e nós priorizamos por apresentar a jornada que você irá encontrar como trader esportivo. Não só apenas a parte teórica, mas a parte prática que é a parte de jogo. No ano passado, nós pegamos uma rodada da Champions League e gravamos nossa operação explicando o porquê nós entramos no mercado, porque saímos o que estávamos enxergando do jogo. Ter esse exemplo para quem está iniciando é muito bom para dar um norte sobre o que tem que fazer.

Crescimento no Brasil

Os patrocínios de casas de apostas começaram em 2018 no meio do futebol brasileiro e chegaram a ter 10 times em 2019 em qualquer parte do uniforme. Esse fato acabou chegando à grande mídia e o pessoal foi procurar entender o que era. A maioria das pessoas não vem procurar sobre o trader esportivo, elas acabam realizando apostas no seu time do coração. Acredito que mais de 90% das pessoas acaba indo por esse caminho e isso acabou crescendo.

O trading é uma atividade econômica, uma forma de investimento, mas não há educação nenhuma. Quando ela chega até aqui é como se fosse um mar de espinhos porque ela não tem caminho para seguir e nem conhecimento e isso acaba ficando caro, pois há perda de dinheiro e entra em um círculo sem fim até a quebra. Nós estamos no processo de regularização que está a cargo do Ministério da Economia e estamos aguardando que saia logo.

Vídeos no YouTube

É um interesse do público, pois é algo novo, então tem sempre gente procurando saber o que é e o ato de compartilhar o que nós sabemos é muito bacana. O conhecimento compartilhado não se divide, ele se multiplica, o que dá um prazer enorme em fazer os vídeos para o YouTube e pretendo ficar um tempo ainda produzindo conteúdo para a plataforma.

Ver o que eu faço, o que eu fiz no jogo de ontem, um back, um lay. A galera sempre tá interessada nos meus passos dentro de um jogo, então rola comparações com jogos de outras pessoas e isso é bacana. Eles gostam de saber o que eu penso sobre o jogo futuro para tentar fazer próximo também.

Nem só de sucesso

É difícil escolher um só, mas eu tive dois que eu cheguei a compartilhar no YouTube. Um deles foi com o Atlético de Madrid contra o Bayern de Munique em 2015 quando eu tomei o meu maior head. Eu acabei interpretando um jogo mal antes da bola rolar e não corrigi a posição. Achei que estava muito certo e acabei tomando o meu maior head.

Eu tive um grande green na Copa do Mundo no jogo entre Portugal e Irã, quando houve um equívoco do mercado e eu acabei me aproveitando disso para conseguir o meu maior green e tudo isso acabou acontecendo durante uma transmissão, então foi bem bacana.

Expectativa para os próximos anos

Eu não vejo nenhuma mudança para os próximos anos. Eu acredito que vão entrar uns, sair outros, mas não haverá uma grande mudança a curto e médio prazo. É um mercado equilibrado e se você conseguir permanecer positivo no cenário é provável que você vai ter lucro por um bom tempo a partir do momento em que acertar um método, um caminho para seguir.

Melhores da semana: conheça os colaboradores que se destacaram entre os dias 17 e 30 de agosto

Puma promete realizar grande esforço financeiro para assinar com Neymar, diz jornal