Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

FIFA revela que Globo teve maior audiência do mundo na Copa e não quer se distanciar da emissora

Globo rompeu contrato de pagamento em meio à crise do novo coronavírus

Matheus Camargo
Jornalista formado pela Universidade Estadual de Londrina (UEL), colaborador do Torcedores.com desde 2016, radialista na Paiquerê 91,7.

Crédito: Arte/Torcedores

A FIFA não quer uma ruptura em sua relação com a Globo mesmo que o negócio entre ambas tenha ido à Justiça após a emissora decidir pela quebra do contrato por entender que os atuais valores são abusivos, publicou o blog do Marcel Rizzo, do UOL.

Conheça a Bet4Plus e experimente fazer uma aposta esportiva grátis, sem necessidade de depósito

Siga o Torcedores no Facebook para acompanhar as melhores notícias de futebol, games e outros esportes
https://www.facebook.com/TorcedoresOficial

Isso porque a FIFA distribuiu recentemente entre seus comitês um relatório de audiência da última Copa do Mundo e a Globo lideram com grandes sobras em relação aos outros canais.

Segundo os números do blog do Marcel Rizzo, a Globo alcançou 23,7 milhões de pessoas por hora com transmissões de jogos e programas relacionados à Copa do Mundo, enquanto a detentora dos direitos na Rússia, a segunda colocada, alcançou pouco mais de 14 milhões.

É a prova de que, mesmo com processo aberto na Justiça, a FIFA não quer perder a Globo, que é entendida como a única emissora no Brasil capaz de render as competições da entidade, e a Globo não quer perder a FIFA, já que gera uma exclusividade que rende as maiores audiências à emissora.

A Globo conseguiu quebrar um contrato em que é obrigada a pagar 90 milhões de dólares anuais à FIFA até 2022 pelos direitos de transmissão.

A entidade máxima do futebol recorreu do processo e deve levá-lo à Corte Arbitral do Esporte, na Suíça, onde aí sim ambas as partes devem sentar para uma conversa e chegarem a um acordo.

Segundo os dados da FIFA, a partida mais assistida da última Copa do Mundo em todo o planeta foi justamente a final entre França x Croácia, que contou com mais de 1,1 bilhão de espectadores.

Leia mais:
De fuga e insegurança a destaque e titularidade: como Patrick de Paula saiu de comunidade no RJ para se tornar peça-chave no Palmeiras