Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

FPF libera e Corinthians não fará testes para Covid-19 antes do jogo contra o Palmeiras

Entidade confirma que o Timão não precisa testar os atletas antes da primeira partida da final do Paulistão seguindo o protocolo da competição

Marcel Thomé
Jornalista e assessor de imprensa

Crédito: Divulgação/Corinthians

O Corinthians chocou a maior parte dos torcedores e imprensa ao se negar a fazer testes para Covid-19 antes do primeiro jogo da final do Campeonato Paulista contra o Palmeiras nesta quarta-feira (5), em Itaquera. O clube alega que seus atletas e comissão técnica estão em confinamento desde o retorno do futebol em São Paulo e que, seguindo o protocolo previsto pela Federação Paulista de Futebol (FPF), não é obrigado a testar seus jogadores. A FPF deu razão para o time alvinegro.

Siga o Torcedores no Facebook para acompanhar as melhores notícias de futebol, games e outros esportes

Em comunicado oficial na tarde desta segunda (3), a FPF explicou que os clubes e a entidade chegaram ao acordo que os jogadores do Timão passarão por exames somente na quinta-feira (6) um dia depois do primeiro jogo da final.

O presidente corintiano, Andrés Sanchez, inclusive já confirmou

Seguindo protocolo do clube e as orientações da equipe médica que está desde o início acompanhando de perto o Corinthians, aviso que faremos nosso teste periódico de Covid-19 com o time, comissão e funcionários na manhã desta quinta-feira no CT“, escreveu o mandatário alvinegro no Twitter.

Confira a nota da FPF na íntegra:

“A Comissão Médica da Federação Paulista de Futebol vem a público esclarecer questionamentos sobre o protocolo do Campeonato Paulista – Série A1:

1) O protocolo da competição foi elaborado e aprovado por unanimidade pelos médicos dos 16 clubes participantes do campeonato;

2) O documento prevê que as delegações deveriam ser testadas e, após os resultados, se concentrariam para as partidas em locais previamente preparados e higienizados;

3) O Sport Club Corinthians Paulista atuou contra o Mirassol com toda sua delegação testada. Após a partida, o clube continuou com seu grupo isolado, o que, de acordo com o protocolo, não obriga realização de novo teste para o próximo jogo;

4) A Sociedade Esportiva Palmeiras optou por não manter os atletas confinados e concentrados após a partida contra a Ponte Preta. Assim, seguindo o mesmo conceito do protocolo, antes da concentração para a partida seguinte, a delegação deve ser testada;

5) A FPF informa ainda que, em comum acordo com os dois clubes, serão realizados testes de PCR-RT em ambas delegações, estando concentradas ou não, antes da partida decisiva, marcada para sábado, às 16h30. Os testes serão realizados pelo Albert Einstein, por meio de convênio que a FPF possui com o hospital.

Prof. Dr. Moisés Cohen
Presidente da Comissão Médica da FPF”

LEIA MAIS: