Garoto problema? Relembre os altos e baixos de Pogba no United

Ótima passagem pela Juventus passou longe de ser repetida no Manchester United nos primeiros anos, mas que aos poucos começa a colher frutos

Luis Feitosa
Jornalista graduado e amante de futebol e futebol americano

Crédito: Reprodução/Twitter

A chegada de Paul Pogba no Manchester United foi cercada de muita expectativa pelo o que o volante apresentou na Juventus. Quatro temporadas depois, o francês não conseguiu apresentar tudo o que podia e conviveu com muitos altos e baixos ao longo do período.

Siga o Torcedores no Facebook para acompanhar as melhores notícias de futebol, games e outros esportes

Pogba começou a carreira no Manchester United, mas as poucas oportunidades fizeram com que o volante buscasse um lugar para atuar com maior frequência. A Juventus acolheu o francês e ao lado de alguns dos melhores jogadores do mundo ajudou a moldar o atleta que iria além do rótulo de prodígio, seria um fantástico jogador.

Durante quatro anos, o francês aprendeu, ensinou e colocou em prática um futebol que encheu os olhos de todos. Para crescer ainda mais, Pogba decidiu voltar para a sua casa para disputar espaço com os melhores jogadores do mundo. No Manchester United, o volante chegou com status de titular, mas aos poucos acabou mostrando que não seria uma trajetória tranquila.

Lesões, estrelismo, falta de sintonia com treinadores e companheiros e a fase ruim minaram o desempenho de Pogba rumo ao estrelato mundial. A alternância entre bons e maus jogos sempre deixou a dúvida entre os torcedores sobre o que fazer com o jogador. Deixá-lo ir ou apostar em uma recuperação?

Durante toda a volta ao United, o francês conviveu com a incerteza e boatos de saída a cada janela impediam o jogador de ter um desempenho melhor. A vontade de jogar no Real Madrid junto com o interesse do empresário sempre criou um clima de imprevisibilidade sobre o camisa 6 e a verdadeira vontade de estar presente em um dos maiores clubes do mundo. Apesar disso, as investidas nunca deram certo e o jogador permanecia em um ciclo que durava seis meses até a nova abertura de outra janela de transferências para que tudo isso voltasse a ocorrer.

No entanto, a calmaria para Pogba chegou junto com a contratação de Solskjaer como técnico definitivo do Manchester United. O treinador que sabe o peso de vestir a camisa vermelha foi conseguindo aos poucos fazer com que a alternância de jogos bons e ruins fosse cada vez menos frequente. Com o fator psicológico cada vez mais regularizado, o camisa 6 foi demonstrando uma vontade de colaborar com o coletivo e de ser novamente o mesmo jogador que encantou todos. Resta saber se a vontade do francês irá além da próxima janela de transferência ou permanecerá por um longo tempo.

LEIA MAIS:

Pogba no United: quanto o francês valia antes de chegar ao Old Trafford?

Pogba está perto de acertar renovação com Manchester United, diz jornal

Dupla Pogba e Bruno Fernandes dita o ritmo da recuperação do Manchester United