Guardiola não vê como ‘especial’ chance de vencer Real Madrid na Champions

Ex-técnico do  Barcelona, Guardiola reencontrará Real agora treinando o Manchester City

Victor Martins
Um homem que acredita ser jornalista, escritor e 'chato'. Decidam vocês qual será a opção escolhida.Formado na Universidade Metodista de São Paulo. No Torcedores desde 2016 ou algo parecido.

Crédito: Divulgação/Site Oficial do Manchester City

Manchester City e Real Madrid jogam nesta sexta-feira (7) pela volta da Liga dos Campeões da Uefa. Uma partida que colocará Pep Guardiola diante de um time que tantas vezes enfrentou como treinador do Barcelona.

Siga o Torcedores no Facebook para acompanhar as melhores notícias de futebol, games e outros esportes
https://www.facebook.com/TorcedoresOficial

Mas as memórias dos clássicos que fez quando treinava o Barça não fazem de tal partida ‘especial’ para o treinador, em sua visão. Para ele, encarar os antigos rivais é algo que lhe soa ‘natural’.

“O fato de jogarmos contra o Real Madrid ou não… eu sempre serei torcedor do Barcelona. É o clube em que cresci e que me tornou parte do que sou. Mas quando estava no Bayern de Munique e jogava contra o Real ou o Barcelona, queria vencê-los da mesma forma. Não tem nada de especial”, declarou Guardiola em coletiva.

E o treinador catalão não quer deixar que a rivalidade com o Real seja o guia do confronto, que classificará o vencedor para as quartas de final. O que importa para Guardiola é levar adiante sua equipe no sonho de vencer a Champions.

“Quero que nossos jogadores e nosso clube passem para a próxima fase. Não quero me concentrar neste tipo de coisa porque prefiro me concentrar no que temos que fazer como equipe para vencer o Real”, afirmou.

 

LEIA MAIS

Gabriel Jesus admite tristeza pós-Copa de 2018 e faz autocrítica: “eu era o 9 da Seleção, faltou maturidade”