Presente de aniversário: Presidente do Vasco anuncia parceria para reforma de São Januário

O presidente do Vasco, Alexandre Campello, deu detalhes da parceria para colocar em prática, a reforma do estádio São Januário

Diego Lucio Castro de Oliveira
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Reprodução/CBF

O Vasco completou nesta sexta(21), seu 122 anos de existência, e o presente para torcida cruz-maltina não poderia ser melhor. O manda-chuva do clube, Alexandre Campello, revelou a assinatura de um memorando de entendimento com a WTorre Empreendimentos Imobiliários, para reforma do estádio São Januário.

Siga o Torcedores no Facebook para acompanhar as melhores notícias de futebol, games e outros esportes

 

O anúncio oficial, veio em live de comemoração do aniversário do clube.

Assim como mostrado no vídeo acima, Campello promoveu uma assinatura virtual do contrato com a empresa, que construiu e gere o Allianz Parque, atual estádio do Palmeiras. O começo da construção está prevista para o segundo semestre de 2021 e conclusão em 21 de agosto de 2023. O custo gira em torno de R$ 275 milhões. Além disso, a capacidade aumentará para 43 mil pessoas.

Falamos muito do passado e da história, mas continuamos pensando no futuro. O CT é fruto do nosso trabalho e da força do nosso torcedor, como é tudo no Vasco. Deverá ser inaugurado na primeira quinzena de setembro. Em Duque de Caxias, estamos construindo um CT para a base com recursos próprios. Agora, vamos por mais. Desde o começo dessa gestão, buscamos maneiras de reformar e ampliar São Januário. Criamos um projeto arquitetônico, a partir do Sergio Dias e sua equipe. A ideia foi levada ao Conselho de Beneméritos, que aprovou e gostou. Preservamos a fachada. Então, após o projeto, passamos a buscar viabilizar a parte financeira para colocar a obra de pé. Então, buscamos a melhor parceria, quem tem experiência na área. Fomos atrás da WTorre e assinaremos agora esse memorando de entendimento“, disse o presidente do Vasco.

O trabalho de clube e parceira, será buscar os recursos para viabilizar a obra. Conforme fala da diretoria cruzmaltina, São Januário não será dado como garantia. O Vasco da Gama cederá o direito de uso por tempo determinado.

LEIA MAIS
Coritiba anuncia contratação do técnico Jorginho e de Paulo Pelaipe para cargo diretivo