Após vitória, Mackenzie Dern fala sobre retorno às lutas após gravidez

Brasileira-americana venceu Randa Markos no UFC Vegas 11 no último final de semana; foi a terceira vitória após o nascimento da filha de Dern

Victor Martins
Um homem que acredita ser jornalista, escritor e 'chato'. Decidam vocês qual será a opção escolhida.Formado na Universidade Metodista de São Paulo. No Torcedores desde 2016 ou algo parecido.

Crédito: Divulgação/Facebook Oficial UFC

Mackenzie Dern voltou a vencer no UFC. No último final de semana, a lutadora dos EUA com origens brasileiras finalizou Randa Markos no UFC APEX, em Las Vegas, e comemorou a sua segunda vitória em três lutas depois que deu a luz a sua primeira filha, Moa.

A lutadora, especialista em jiu-jítsu, deu entrevista ao Uol Esporte e falou sobre o assunto. A principal revelação foi explicar como soube que estava grávida e como chegou a acreditar que aquilo seria apenas uma consequência da rotina de treinos.

“A gente treina muito forte, toma suplemento. Então, ficamos com a menstruação desregulada. Isso começou a acontecer comigo. Passei a me sentir muito cansada, o que é normal quando a gente treina pesado. Os enjoos não são anormais quando a gente pega firme na dieta para perder peso. Achei que os sintomas da gravidez eram coisas que a gente sente quando treina pesado. Até que suspeitei, fiz um teste e deu negativo. Isso continuou, fiz novo teste e deu positivo”, revelou Dern.

A gravidez de Mackenzie Dern foi descoberta aos quatro meses de gestação, mas apenas na parte final do período, por volta do oitavo mês, a lutadora do UFC decidiu anunciar para os fãs e público em geral a proximidade do nascimento de sua filha, hoje com um ano e três meses. Pouco depois de dar a luz, rapidamente voltou a treinar. E, em quatro meses, fez sua primeira luta, derrota para Amanda Ribas.

“Eu não queria que as pessoas soubessem que minha carreira tinha acabado. Voltei a treinar depois de dois meses em que minha filha nasceu. Me senti 100% naquela luta, apesar da derrota. Me dediquei 100%. Meu corpo tinha mudado e eu não entendia. Sentia meu abdome mais fraco, levava um chute e sentia dor, coisas que nunca senti no calor da luta. O primeiro soco que levei foi bizarro. Antes, eu recebia o soco e queria devolver, ficava revoltada. Mas o primeiro soco depois do nascimento da minha filha, eu quis recuar. Queria virar o rosto”, explicou.

Desde a derrota para Amanda Ribas, Mackenzie Dern venceu Hannah Cifers, e agora, Randa Markos, em sua trajetória para tentar o cinturão dos palhas do UFC.

LEIA MAIS

Dana White exalta sensação russa do UFC após vitória: “Nunca vi nada igual”

(Crédito da foto: Divulgação/Facebook Oficial UFC)