Como montar o Corinthians sem seus dois centroavantes disponíveis?

O Corinthians encara o Bahia nesta quarta(16) em jogo válido pelo Brasileirão, e não terá Jô e Boselli a disposição

Diego Lucio Castro de Oliveira
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Rodrigo Coca/Agência Corinthians

A crise no Corinthians parece não ter fim. Se já não bastasse a sequencia negativa no Brasileirão, a demissão de Tiago Nunes e os protestos excessivos da torcida, o time teve mais uma má notícia nesta segunda(14). O atacante Jô pegou dois jogos de suspensão devido ao incidente com o zagueiro Diego Costa do São Paulo no último Majestoso. E pra piorar, Boselli que seria seu reserva imediato, está machucado. Então, como montar o Corinthians sem os dois centroavantes do elenco? O Torcedores.com dá uma forcinha para o técnico interino Dyego Coelho.

 

Acompanhe as notícias do seu time pelo Facebook

Obs: Todos os três cenários, são no 4-4-2. Pois não há necessidade de três atacantes, se não há uma referência centralizada.

Opção 1 : 4-3-1-2, com três volantes e dois pontas abertos

Pensando nas falhas defensivas da equipe, Coelho pode tentar (mais uma vez, pois a primeira não deu certo) um time com três volantes. Mas como Gabriel está suspenso, a opção seria com Camacho, Cantillo e Ramiro, onde os três tem qualidade para avançar com a bola dominada. Otero seria o único homem de armação, enquanto no ataque, teríamos dois pontas velozes: Gustavo Mosquito e Everaldo

Possível escalação: Cássio, Fagner, Gil, Danilo Avelar e Piton; Camacho, Cantillo, Ramiro e Otero; Everaldo e Gustavo Mosquito.

Opção 2: 4-4-2 tradicional, mantendo os dois pontas, mas com dois armadores

Apesar de tudo, o jogo será na casa do Corinthians. Então, não seria tão necessário a escalação de três volantes. Sendo assim, Camacho sairia em relação à primeira opção, e Vital ganharia uma chance no meio.

Possível escalação: Cássio, Fagner, Gil, Danilo Avelar e Piton; Cantillo, Ramiro, Mateus Vital e Otero; Everaldo e Gustavo Mosquito.

Opção 3: 4-3-1-2, porém com Otero mais a frente

Citamos Everaldo nas duas primeiras formações, mas o atacante voltou de lesão recentemente e não entrou tão bem contra o Fluminense. Pensando nisso, e com a ausência de atacantes no elenco, Otero poderia fazer uma função mais a frente. Vital ficaria como único armador, e voltaríamos para a opção inicial com os três volantes.

Possível escalação: Cássio, Fagner, Gil, Danilo Avelar e Piton; Camacho, Cantillo, Ramiro e Mateus Vital; Otero e Gustavo Mosquito.

E aí torcedor do Corinthians? Com qual formação você jogaria contra o Bahia?

LEIA MAIS
Milton Neves reprova protestos contra Cássio: “Pegaria minhas coisas e me mandaria do Corinthians”