Cuca diz que Santos não teve motivação extra por enfrentar Sampaoli

Peixe enfrentou e venceu ex-treinador nesta quarta-feira (9)

Victor Martins
Um homem que acredita ser jornalista, escritor e 'chato'. Decidam vocês qual será a opção escolhida.Formado na Universidade Metodista de São Paulo. No Torcedores desde 2016 ou algo parecido.

Crédito: Foto: Ivan Storti/Santos FC

O Santos encarou pela primeira vez Jorge Sampaoli como seu ex-treinador nesta quarta-feira, com o Peixe vencendo o Atlético-MG por 3 a 1. Mas o fato de encarar o argentino teria sido ‘fator extra’ para motivar o Alvinegro em busca da vitória?

Siga o Torcedores no Facebook para acompanhar as melhores notícias de futebol, games e outros esportes
https://www.facebook.com/TorcedoresOficial

Não para Cuca. O atual treinador santista afirmou que, apesar de uma partida com Sampaoli já trazer motivação normal, que o elenco do Peixe não ficou excessivamente ‘pilhado’ a ponto de vencer apenas por que se tratava de um ex-treinador de vários dos atletas, e que deixou a Vila Belmiro sem boa relação com a diretoria.

Acompanhe as notícias do seu time pelo Facebook

“Acho que jogar com o Sampaoli motiva a todos. É um grande treinador, tem ideias novas e sangue nas veias. Ele, a comissão dele, o preparador dele tava ‘brabo’ hoje. Eu acalmei ele, imagina… eu acalmei ele”, disse o treinador santista aos risos.

“Mas eles (jogadores sabem muito bem que tem time para brigar lá em cima. É lógico que eles (Atlético) venderam caro a derrota. A gente tem que saborear isso porque vencemos um grande time, com uma grande comissão técnica”, afirmou.

A vitória em cima do Galo também trouxe para Cuca um outro fator a ser explorado: o time teve desfalques no jogo desta quarta e, mesmo assim, exibiu uma performance importante para tentar colocar o Santos na briga pelas primeiras posições.

“Ganhamos duas seguidas, e da maneira que ganhamos, com dificuldade na montagem da equipe. Foi muito difícil, montei o time do jeito que eu entendia, botando algum jogador diferente e deu certo. Foi um jogo muito perigoso, acredito que estamos todos felizes e o torcedor deve estar feliz pela luta dos meninos. Era para estar p*** da vida, salário atrasado, não vou jogar, mas ninguém está falando nada. Todo mundo está unido, pessoal está correndo atrás para organizar melhor, a diretoria e o presidente, e daqui a pouco vamos melhorar ainda mais”, afirmou.

LEIA MAIS

Atlético perde para o Santos com frango de Victor e memes bombam na web


João Paulo agradece por conselho e se diverte com memes da torcida

(Foto: Ivan Storti/Santos FC)