Dirigente do Flamengo discute com jornalista da Globo sobre atuação do VAR contra o Santos

 

Marcel Thomé
Colaborador do Torcedores.com

Crédito: Divulgação/Flamengo

A vitória do Flamengo contra o Santos na última rodada do Brasileirão ainda repercute devido ao uso do VAR (árbitro de vídeo) para a anulação de dois gols do time paulista no duelo.

Conheça a 1xBet:

Um novo jeito de fazer sua aposta esportiva!

Siga o Torcedores no Facebook para acompanhar as melhores notícias de futebol, games e outros esportes

No Twitter, o jornalista André Rizek, do Grupo Globo, citou as opiniões dos comentaristas no programa “Bem, Amigos”, do SporTV,  sobre lance do segundo gol do Peixe anulado pelo VAR e acabou rebatido por Marcos Braz, vice-presidente de futebol do Flamengo.

“Everaldo, Noriega, Casão, Maestro Júnior e Galvão, no Bem, Amigos, dizem que NÃO anulariam o segundo gol anulado do Santos na Vila. O VAR do VAR. Tô com eles. Lance de pura interpretação, de puro VARtebol. A bola entraria no gol de qualquer forma. Mais futebol e menos VAR, CBF!”, escreveu Rizek.

“No lance que dois jogadores do Santos se chocaram, não foi absolutamente nada. Arrascaeta fez um golaço, pararam a jogada…”, rebateu Braz e Rizek foi de acordo.

“Não foi falta nesse lance, claramente! Juiz errou feio ali também!”, escreveu o jornalista, deixando claro, em seguida, que o VAR não poderia ser utilizado naquele lance em questão.

Por fim, Marcos Braz criticou a demora no uso da ferramenta no duelo Santos x Flamengo, mas minimizou as reclamações santistas.

Seja para que lado for, ficar 9 minutos para decidir 2 lances é muito, mas temos que ter calma, tudo muito novo, os ajustes serão feitos. No Flamengo e Bahia, no ano passado, tomamos um gol com a correção feita pelo VAR. Correções serão questionadas para os 2 lados.

LEIA MAIS:

A pedido da Globo, CBF marca jogos do Brasileirão para “brigar” com Libertadores