Futebol feminino pode ser a opção da Globo para substituir Fórmula 1 aos domingos

Segundo o UOL Esporte, a Globo quer adquirir os direitos do Brasileirão Feminino, e transmitir os jogos aos domingos de manhã

Diego Lucio Castro de Oliveira
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Reprodução/Corinthians

Um dos produtos mais antigos do esporte da Globo, deve sair da grade da emissora. Trata-se da Fórmula 1, que não teve seu contrato renovado com o canal para a próxima temporada. Mas se engana quem pensa que o período matinal não terá mais esportes. A Globo está de olho no Futebol Feminino para preencher esta lacuna.

 

Conforme informação do UOL Esporte, a emissora planeja adquirir os direitos de transmissão do Brasileirão Feminino, hoje pertencentes à Band e à plataforma online MyCujoo. A ideia é transmitir um jogo por rodada na própria Globo aos domingos da manhã. Os restantes serão distribuídos na TV por assinatura. Outra ideia em pauta, é contratar mais mulheres para a transmissão dos jogos, incluindo repórteres, comentaristas e narradoras.

O futebol feminino sendo divulgado na Globo, potencializaria a modalidade e traria mais adeptos. Tendo em vista que a grande massa, geralmente só é presente em grandes competições como Olimpíadas e Copa do Mundo.

Se confirmar essa aquisição, a Globo reforçaria seu pacote publicitário do futebol. O canal perdeu recentemente a Libertadores para o SBT.

Vôlei e Stock Car também em pauta

Além do futebol feminino, mais duas modalidades também poderão ser utilizadas no período matinal dos domingos: O vôlei e a Stock Car. Ambos já fazem parte do pacote esportivo da Globo, porém devem ganhar mais espaço com a saída da Fórmula 1. No caso do vôlei em específico, o produto pode variar em jogos da seleção feminina e masculina, além de jogos da Superliga.

LEIA MAIS
Mercado da Bola: Tottenham contrata craque Alex Morgan

Globo e SBT se ignoram em dia de Brasileirão e Libertadores