Goleiro Bruno ganha limitar e pode jogar sem tornozeleira eletrônica

Com a tornozeleira eletrônica desde o dia 4, o goleiro Bruno teve a primeira liminar negada, mas a segunda decisão foi a seu favor

Jeferson Macedo
Colaborador do Torcedores.com.

Foto: Reprodução

Bruno Fernandes, goleiro do Rio Branco-AC conseguiu uma limitar e vai poder treinar e jogar sem tornozeleira, porém, o objeto deve se recolocado logo após a atividade, segundo o Ministério da Justiça do Acre.

Siga o Torcedores no Facebook para acompanhar as melhores notícias de futebol, games e outros esportes

Conheça a Bet4Plus e experimente fazer uma aposta esportiva grátis, sem necessidade de depósito

Bruno está usando a tornozeleira desde o dia 4, inicialmente o pedido de retirada para atividades tinha sido negado, mas agora a liminar foi a favor do goleiro.

Acompanhe as notícias do seu time pelo Facebook

A decisão assinada pelo juiz Hugo Barbosa Torquato Ferreira diz: “Ocorrendo comprovadas dificuldades materiais que impossibilitem a utilização do equipamento durante treinos ou jogos, será apreciada a harmonização proposta pelo Ministério Público para retirada e colocação da tornozeleira eletrônica diariamente, às expensas do clube contratante”.

Bruno defende as cores do Rio Branco do Acre, inclusive, o goleiro já estreou pela sua nova equipe.

LEIA MAIS: