João Paulo valoriza empate do Santos e fala do sonho em jogar a Libertadores

Santos fica no zero contra o Olimpia, mas permanece na liderança do Grupo G

Paulo Silva
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Foto: Divulgação/Twitter Santos FC

O Santos apenas empatou com o Olimpia, nesta terça-feira (15), na Vila Belmiro, pela Copa Libertadores. João Paulo destacou a importância do ponto conquistado, resultado que faz o Peixe permanecer na liderança do Grupo G, com sete pontos.

“Fico muito feliz pela oportunidade de defender a camisa pesada do Santos em uma Libertadores da América. Eu sonhava no começo do ano, mas sabia que era difícil. Só se joga um goleiro. E isso me motivava mais para buscar uma oportunidade. Estamos em primeiro, temos que valorizar. Três jogos de invencibilidade é difícil. Temos que valorizar cada ponto. Importante não termos tomado gol, dá confiança a mais para defesa”, disse o goleiro do Santos.

Acompanhe as notícias do seu time pelo Facebook

Longe da titularidade no começo do ano, João Paulo se firmou a partir do momento que ganhou oportunidades. Ele expressou sua felicidade pela estreia na competição continental e confessou que estava ansioso.

“No comecinho eu estava um pouco ansioso, confesso. Fiquei ansioso ao longo do dia para estrear. Se não me engano, sou 14º goleiro a vestir camisa do Santos em Libertadores. É uma honra enorme. Uma competição tão importante. Fui me acalmando e pude mostrar meu trabalho quando exigido”, afirmou João Paulo.

O próximo jogo na Copa Libertadores acontece na quinta-feira (24), contra o Delfín, fora de casa. No Brasileirão, o desafio seguinta é diante o Botafogo, já no domingo (20), no Rio de Janeiro, às 18h15 (de Brasília).

“Campeonato diferente, muito mais pegada. Se é no Campeonato Brasileiro, várias faltas juiz daria. Campeonato de pegada, nem sempre quem joga melhor vence. Mas estamos preparados”.

LEIA TAMBÉM:

Soteldo analisa Santos contra o Olimpia e mostra otimismo: “Esse é o caminho”