Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Marinho revela mágoa por não convocação e pensa em naturalização: “Perdi esse brilho de defender a seleção”

Marinho é dos destaques do Campeonato Brasileiro e na temporada já marcou 11 gols em 17 jogos com a camisa do Santos

Jeferson Macedo
Colaborador do Torcedores.com.

Foto: Reprodução

Recentemente, o técnico Tite fez a convocação da Seleção Brasileira para os jogos das Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2022. Entre alguns nomes, as faltas mais sentidas na lista foram os nomes de Thiago Galhardo, do Internacional e Marinho do Santos.

Tanto Galhardo quanto Marinho, são destaques no Campeonato Brasileiro e em suas respectivas equipes em outras competições. O atacante do Santos, em entrevista dada ao AlêOliveira revelou a sua insatisfação ao não ser convocado para vestir a amarelinha.

“A seleção brasileira é incrível, mas eu não penso. No momento que eu estava voando, como vejo outro também voando, não tive oportunidade. Como eu vinha no Vitória, dificilmente vão olhar para o Nordeste para defender a seleção. Perdi esse brilho de defender a seleção do meu país”, disse.

A incerteza sobre a possibilidade de um dia ser convocado, mesmo atuando bem, faz com que Marinho pense até na possibilidade de se naturalizar para defender a camisa de outro país.

“Eu falo brincando, mas é verdade: se fosse para me naturalizar para defender outro país, não pensaria duas vezes. Mas hoje defendo uma seleção, que é a seleção do Santos, único clube que parou uma guerra já”, declarou.

Nessa temporada, Marinho vive grande fase, em 17 jogos, o atacante fez 11 gols e ainda deu três assistências.

LEIA MAIS:

 

As melhores notícias de esportes, direto para você