Milton Neves diz que Neto é “craque” na TV e afirma: “se tivesse a cabeça que tem hoje teria jogado três Copas”

Apresentador rasgou elogios ao companheiro

Matheus Camargo
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Reprodução/BAND

Ídolo do Corinthians, Neto é um dos apresentadores mais comentados da imprensa esportiva e divide opiniões. Mas para Milton Neves, seu companheiro de Band, não tem para ninguém, o ex-jogador é craque na TV tanto quanto era em campo.

Conheça a Bet4Plus e experimente fazer uma aposta esportiva grátis, sem necessidade de depósito

Siga o Torcedores no Facebook para acompanhar as melhores notícias de futebol, games e outros esportes
https://www.facebook.com/TorcedoresOficial

Acompanhe as notícias do seu time pelo Facebook

O apresentador do Terceiro Tempo usou seu blog no UOL para rasgar elogios ao amigo, tanto como apresentador quanto como atleta profissional.

Em campo, Neto atingiu seu ápice no Corinthians no início dos anos 1990. Considerado indisciplinado e muitas vezes com problemas de peso, não conseguiu grande carreira na Seleção Brasileira e não foi para a Europa, mesmo sendo um dos maiores ídolos da Fiel.

“Foi craque mesmo, apesar de um ou outro invejoso tentar minimizar a carreira do meia revelado pelo Guarani. Poderia ter ido mais longe, é verdade. Tivesse nos tempos de jogador a mentalidade que tem atualmente, teria jogado duas ou três Copas e arrebentado em grandes times da Europa”, deixou claro o veterano da Band em seu blog.

Neto atualmente comanda o programa “Os Donos da Bola”, na Band, e o “Baita, Amigos”, no BandSports. O ex-jogador foi contratado pela Band no início dos anos 2000 como comentarista, mas ganhou espaço na emissora e atualmente é um dos principais quadros de todo o canal.

“O sucesso como comunicador é tão grande que hoje já nem dá para dizer que Neto é “apenas” o Xodó da Fiel. Com sua espontaneidade, alegria e simplicidade, o ex-jogador se tornou também xodó dos palmeirenses, dos são-paulinos, dos santistas, dos flamenguistas, dos gremistas, dos atleticanos, dos vascaínos…”, escreveu Milton Neves, que seguiu.

“Hoje já é possível dizer que Neto é tão craque com o microfone quanto foi com a bola nos pés.”

Leia mais:
Conmebol quer início imediato das Eliminatórias para não perder contratos