Por agressão, Neymar pega gancho de dois jogos; Álvaro González será investigado

Por confusão contra o Olympique de Marselha, Neymar teve pena definida

Bruno Romão
23 anos, estudante de Jornalismo, amante da escrita, natural de Campina Grande (PB) e um completo apaixonado por futebol. Contato: bruno.romao.nascimento@gmail.com

Crédito: Divulgação/PSG

Em decisão tomada pela comissão disciplinar da Liga de Futebol Profissional da França, Neymar foi punido com dois jogos pela expulsão diante do Olympique de Marselha. Na partida, o craque levou cartão vermelho após dar um tapa na cabeça de Álvaro González.

Além disso, caso o atacante seja denunciado disciplinarmente em meio aos próximos 10 jogos do PSG em competições da entidade, ele terá que cumprir mais uma partida de gancho. Como já esteve ausente contra o Metz, o brasileiro perderá a partida contra o Nice, podendo retornar diante do Reims, no dia 27 de setembro.

Acompanhe as notícias do seu time pelo Facebook

“Pelo cartão vermelho direto recebido após a utilização do VAR, Neymar foi punido com dois jogos de suspensão e um de aviso. Poderá retornar na 5ª rodada, no gramado do Stade de Reims, em 27 de setembro”, afirmou o comunicado.

Acusado de racismo pelo camisa 10, Álvaro González será investigado pela LFP. Portanto, se o suposto xingamento de “macaco filho da p…” for comprovado, o zagueiro também deverá enfrentar uma sanção rígida. Depois do episódio, o número pessoal do espanhol foi vazado na internet e ameaças de morte foram feitas.

Envolvidos na confusão, Kurzawa pegou seis jogos de suspensão e Leandro Paredes foi punido com pena de duas partidas. Já Di María também será investigado por possivelmente ter cuspido em González. Portanto, Thomas Tuchel tem chances de continuar tendo problemas para escalar o time na sequência da Ligue 1.

CASO SEGUE GANHANDO NOVOS CAPÍTULOS

Após o jogo ter sido encerrado, novidades sobre o caso envolvendo Neymar e González seguem surgindo. Em vídeo divulgado pelo canal “Gol”, Neymar aparece discutindo com o defensor, proclamando o xingamento “Puta Maricon” (em português: “put… viad..”). Enquanto isso, a emissora ” “Télefoot” afirmou que, até o momento, nenhum insulto racista foi identificado na transmissão da partida.

LEIA MAIS