6 duplas de irmãos que estão em atividade e têm feito sucesso no futebol

Jogadores são os orgulhos dos pais

Matheus Camargo
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Divulgação

São vários os casos de irmãos que fizeram sucesso no futebol, mas muito disso fica no passado, como com Raí e Sócrates, os irmãos De Boer, Michael e Brian Laudrup, entre outros.

Mas em pleno 2020, vários irmãos têm feito bons trabalhos no mundo do futebol e têm sido o orgulho dos pais.

Veja 6 duplas de irmãos jogadores que estão em atividade:

Theo Hernandez e Lucas Hernandez

Ambos laterais-esquerdos, Theo e Lucas foram formados no Atlético de Madrid e tiveram que sair para terem sucesso. Enquanto o primeiro é titular absoluto e elogiado no irregular Milan, o segundo foi campeão europeu pelo Bayern de Munique.

Kevin-Prince Boateng e Jerome Boateng

O atacante ganês e o zagueiro alemão são irmãos, mesmo com nacionalidades futebolísticas diferentes. Kevin, que passou pelo Barcelona recentemente, assinou com o Monza para ser o grande reforço do novo time de Silvio Berlusconi, na Itália. Já Jerome segue como titular absoluto do Bayern, campeão europeu.

Andre Ayew e Jordan Ayew

Os irmãos Ayew tentam repetir o sucesso do pai, ninguém menos que Abedi Pelé, maior jogador da história de Gana. Andre está há anos no Swansea e é referência no time. Andre, por sua vez, é titular do Crystal Palace.

Thiago Alcântara e Rafinha Alcântara

Maestro do Bayern campeão europeu, Thiago trocou de clube e foi para o Liverpool, atual campeão inglês. Rafinha deixou finalmente o Barcelona, clube se o formou como atleta, e assinou com o PSG até 2023. Ambos são filhos do tetracampeão Mazinho.

Carlos Sanchez e Nicolas De La Cruz

O meia uruguaio do Santos é até hoje um dos jogadores mais talentosos do Uruguai. O que nem todos sabem é que Sanchez, ídolo no River Plate, passou o bastão para seu irmão mais novo, o jovem Nicolas De La Cruz, também uruguaio e titular do mesmo River.

Eder Hazard e Thorgan Hazard

O camisa 7 do Real Madrid é o irmão de maior sucesso, mas Thorgan não fica atrás. Enquanto Eden foi ídolo no Chelsea e tenta se criar no clube espanhol, o Hazard mais jovem foi destaque no Borussia Monchengladbach e atualmente está no Dortmund.

Leia mais:
Seleções da América do Sul se tornam dependentes de jogadores “estrangeiros” e passam por problema em crise de Covid-19