Cuca afirma que irá ‘ajudar’ Robinho e não fala de processo de jogador

Sentenciado em primeira instância por acusação de estupro, retorno de Robinho causado polêmica em seu retorno à Vila Belmiro.

Victor Martins
Um homem que acredita ser jornalista, escritor e 'chato'. Decidam vocês qual será a opção escolhida.Formado na Universidade Metodista de São Paulo. No Torcedores desde 2016 ou algo parecido.

Crédito: Divlgação/Facebook Oficial Santos

A volta de Robinho ao Santos é um dos assuntos mais quentes dos últimos dias, ainda mais com o fato de que o jogador foi julgado e sentenciado na Itália pela acusação de violência sexual, o que tem dividido opiniões sobre o caso.

Mas o técnico Cuca se posicionou desfavorável a emitir opinião neste momento. O treinador disse, após a derrota do Peixe para o Atlético-GO, pelo Brasileirão, que ‘não seria a hora’ de responder sobre a contratação do jogador mesmo com o problema deste na Justiça.

 

Acompanhe as notícias do seu time pelo Facebook

“Agora não é hora de falar sobre isso. Tivemos conversa com diversas pessoas do clube, em cima dele. Ele para mim é uma pessoa maravilhosa, um exemplo de jogador, uma pessoa corretíssima em todas as atitudes que ele teve”, declarou Cuca, que afirmou que irá procurar ‘ajudar’ Robinho neste momento.

“Não tem nada na carreira do Robinho em que ele deve ser denegrido. Tem o episódio fora de campo que está sub judice e a gente tem que aguardar. Vou fazer o que puder para ajudar o Robinho no Santos”, completou.

A sentença na Justiça Italiana foi em primeira instância e a defesa do jogador entrou com recurso contra a pena.

LEIA MAIS

Santos perde patrocinador por acerto com Robinho e defende atacante: “Infelizmente vivemos na era dos cancelamento

Santos: Cuca se responsabiliza por fim de série invicta do Peixe