Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Dana White indica que UFC 254 pode quebrar recorde de vendas de PPV

UFC 254 terá Khabib Nurmagomedov e Justin Gaethje na luta principal; maior venda de pacotes de pay-per-view foi o UFC 229, em 2018

Victor Martins
Um homem que acredita ser jornalista, escritor e 'chato'. Decidam vocês qual será a opção escolhida.Formado na Universidade Metodista de São Paulo. No Torcedores desde 2016 ou algo parecido.

Crédito: Reprodução/Facebook Oficial UFC Brasil

O UFC 254 será realizado neste sábado (24) em Abu Dhabi e terá Khabib  Nurmagomedov e Justin Gaethje decidindo o cinturão dos pesos-leves. E, ao que as palavras de Dana White indicam, pode ser um evento perto de entrar para a história do Ultimate.

Em entrevista ao TMZ, Dana White afirmou que, pelas indicações, há a chance de que o card deste final de semana possa quebrar o recorde de vendas de pay-per-view da organização. O recorde pertence ao UFC 229, em outubro de 2018, que também teve Khabib Nurmagomedov como estrela, enfrentando a Conor McGregor. Aquele card ultrapassou os 2 milhões de vendas de PPVs.

“A coisa toda está bem acima do que esperávamos. Estamos na terça e vamos para a quarta-feira. Já na segunda-feira, já indicava que poderia ser o maior evento da história. Na segunda, não na quinta ou na sexta”, declarou o chefão do UFC, que apontou que o único empecilho que pode acabar evitando que o evento quebre recordes seja o horário, que acontecerá longe do horário nobre americano.

“Hoje, o UFC 254 está indo melhor do que o UFC 229. Se irá continuar assim? Uma das coisas que pode não ajudar é o horário do evento, então é um pouco difícil falar disso para as pessoas”, completou.

Oficialmente o Ultimate não divulga o total de vendas de seus pay-per-views, mas as estimativas colhidas pela imprensa são as mais aceitas oficialmente. Nos números, a ampla maioria dos cards que foram os mais vendidos tiveram Conor McGregor como sua principal estrela.

LEIA MAIS

https://www.torcedores.com/noticias/2020/10/khabib-admite-viver-momento-dificil-apos-morte-do-pai

McGregor responde tuíte sobre luta com Khabib: “Eu vencia até ser finalizado”