Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Lula deu o estádio para o Corinthians? Entenda melhor essa história

Ex-Presidente da República completa 75 anos de idade nesta terça-feira e nunca negou a paixão pelo Corinthians

Rafael Brayan
Estudante de jornalismo. Colaborador especialista e editor-plantonista do Torcedores.Twitter: @rafaelbrayan_

Crédito: Ricardo Strubcker/Divulgação/Instituto Lula

Presidente da República do Brasil entre 2003 e 2011, Luis Inácio Lula da Silva, ou somente Lula, completa 75 anos de idade nesta terça-feira (27). Torcedor fánatico do São Bernardo e do Corinthians, o político sempre é colocado entre os rivais como doador do estádio alvinegro. Mas isso é realmente verdade? Entenda melhor essa história!

Agora chamado de Neo Química Arena, o estádio do Corinthians teve sim ajuda de Lula para viabilização da obra. Porém, com a dívida milionária para até as próximas décadas, é falso dizer que o Timão recebeu um presente do ex-presidente.

O que houve, na verdade, foi uma viabilização de Lula com empreiteira responsável pela construção, a Odebrecht. Inclusive, em 2011, o presidente Andrés Sanchez revelou à Revista Época que teve participação do político torcedor do Corinthians e ex-presidente.

“A parte financeira ninguém mexeu. Só eu, Lula e o Emílio Odebrecht (presidente do Conselho de Administração da Odebrecht e pai de Marcelo Odebrecht, preso na operação Lava-Jato)”, disse o então – e agora – presidente do Corinthians.

Durante delação premiada por escandâlos de corrupção na Operação Lava Jato, Marcelo Odebrecht, ex-presidente da construtura, revelou o pedido de Lula para ajuda na viabilização do estádio alvinegro.

“Esse assunto, como ele nasceu? É meio que um pedido de Lula para o meu pai: “Ajude o Corinthians a construir um estádio privado”. Só isso. Nesse assunto eu não me envolvi, mas começamos a tentar ajudar o Corinthians a fazer o estádio, que na época era R$ 300 ou R$ 400 milhões”, afirmou à Justiça.

Estádio do Corinthians foi construído com dinheiro público? FAKE!

A ajuda do Governo para a construção do estádio em Itaquera, na verdade, foi um empréstimo – que está sendo pago anualmente pelo Corinthians -, de R$ 400 milhões junto à Caixa e ao BNDES.

É válido ainda lembrar que a Neo Química Arena sediou os jogos da Olimpíadas e da Copa do Mundo no Brasil. Outros estádios para essas competições também receberam ajuda para a sua construção ou reformulação. Em troca, os arredores das arenas acabaram se valorizando e rendendo muito para os cofres com o turismo e tanta atenção voltadas para o país.

VEJA TAMBÉM:

Emerson Sheik revela motivo de saída do Corinthians e critica momento do clube: “Pode cair mais uma vez”

Após chegar na final, Lula compara Corinthians ao PT: “Tentam destruir mas não conseguem”

As melhores notícias de esportes, direto para você