Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Emerson Sheik revela motivo de saída do Corinthians e critica momento do clube: “Pode cair mais uma vez”

Ídolo como jogador, o ex-atacante foi diretor de futebol do Corinthians no ano passado

Rafael Brayan
Estudante de jornalismo. Colaborador especialista e editor-plantonista do Torcedores.Twitter: @rafaelbrayan_

Crédito: Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians

O atual momento do Corinthians segue rendendo muitas críticas à direção alviengra. Porém, de acordo com Emerson Sheik, atitudes de alguns jogadores fizeram com que ele fizesse o pedido para deixar a direção do clube no ano passado.

“Sempre ouvi aquele ditado, os incomodados que se mudem. Por isso eu sai. Torcedor quer ver carrinho, quer ver o jogador sair sujo, entrega e dedicação. Por isso eu sai, não via isso no Corinthians. Me incomodou”, revelou Emerson Sheik durante a estreia do programa Arena SBT.

Ídolo do Corinthians como atacante, Emerson Sheik ganhou a oportunidade como coordenador de futebol ao lado de Vilson no clube alvinegro no ano passador, mas não gostou das ações dos atletas. “Quem tava no clube nessa época era o Fábio (Carille), que exigia muito isso nos treinamentos. Ele tentou, tentou, não conseguiu e foi embora. Um baita treinador”, completou Emerson Sheik.

SHEIK CRITICA ATUAL MOMENTO DO CORINTHIANS:

A má fase do Corinthians rendeu críticas pelo ídolo alvinegro. Emerson Sheik ressaltou que a equipe pode cair para a segunda divisão do Brasileirão. “É triste ver o Corinthians dessa forma, desorganizado, parece um bando correndo pra lá e pra cá, sem saber o que faz dentro de campo. Eu não acredito muito, mas tem possibilidade de cair mais uma vez”, afirmou.

VEJA TAMBÉM:

Turma da Mônica: Saiba para quais times torcem os personagens e suas inspirações

Você sabia? Coudet revela que é sobrinho de treinador histórico da seleção brasileira

Emprestado pelo Corinthians, Janderson dribla Felipe Melo e acaba sendo exaltado nas redes sociais