Home Novidades Osasco São Cristóvão Saúde aposta no sistema defensivo para conquistar 15º título Paulista

Osasco São Cristóvão Saúde aposta no sistema defensivo para conquistar 15º título Paulista

Relação saque, bloqueio e defesa é uma das apostas da equipe da Grande São Paulo

Raul Felix
Colaborador do Torcedores.com.

João Pires / Fotojump

PUBLICIDADE

O Osasco São Cristóvão Saúde está a uma vitória do seu 15º título do Campeonato Paulista Feminino de Vôlei. Para isso, a equipe da Grande São Paulo precisa vencer o segundo jogo da decisão, diante do Sesi Vôlei bauro, no ginásio Panela de Pressão, nesta terça-feira (20), às 21h30.  A equipe de Luizomar de Moura saiu na frente após vener as rivais por 3 sets a 2, no último sábado (17). Para as donas da casa, é necessário vencer o jogo e forçar o Golden set.

Você conhece o canal do Torcedores no Youtube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

O sistema defensivo da equipe do Osasco São Cristóvão Saúde foi decisivo no final do jogo, principalmente o bloqueio do time. Essa combinação de saque, bloqueio, e principalmente os contra ataques. Com essa relação dos fundamentos, a equipe viu sua oposta Tandaraa ser decisiva com 25 acertos na partida.

Essa é o jogo que o time tentará colocar na partida. “Tocamos em muitas bolas no primeiro jogo e nossa disposição defensiva, com certeza, fez muita diferença. Acreditamos sempre, não desistimos de nenhuma bola e conseguir um resultado muito importante”, revelou a oposta Tandara.

PUBLICIDADE

Outro destaque no set decisivo da partida do último sábado (17), a central Bia falou da expectativa para o segundo jogo da final do Paulista. “Sabemos que vai ser uma guerra dentro de quadra dentro da casa delas. Bauru tem um time forte, mas também provamos a nossa força saindo na frente nessa final. Queremos muito esse título e não vamos parar de lutar até conseguir”, disse a jogadora.

LEIA MAIS:

Sada Cruzeiro conquista 11º título consecutivo do Campeonato Mineiro de Vôlei

Carol Solberg é advertida pelo STJD por “Fora, Bolsonaro”

PUBLICIDADE