Galvão vê defesa do Flamengo “próxima ao ridículo” sem Rodrigo Caio: “Problema seríssimo”

Narrador avaliou que o Flamengo sofre graves consequências nos jogos em que Rodrigo Caio não está em campo

Bruno Romão
23 anos, estudante de Jornalismo, amante da escrita, natural de Campina Grande (PB) e um completo apaixonado por futebol. Contato: bruno.romao.nascimento@gmail.com

Crédito: Reprodução

Com o Flamengo precisando reverter a vantagem do São Paulo para seguir adiante na Copa do Brasil, a missão não foi cumprida no Morumbi. Dessa forma, o Tricolor Paulista foi eficiente e construiu o placar de 3 a 0, eliminado o clube carioca. Sendo assim, durante o programa “Seleção SporTV”, Galvão Bueno avaliou que a defesa do Rubro-Negro precisa se acertar.

No confronto, Rogério Ceni não contou com Isla, Rodrigo Caio e Filipe Luís, pilares importantes do setor. Diante disso, os nomes escalados não conseguiram manter o nível apresentado pelos titulares. Portanto, o narrador destacou como a ausência do camisa 3 causa um efeito negativo no time.

“A defesa do Flamengo é muito ruim. Sem Isla, Rodrigo Caio e Filipe Luís, a defesa é muito fraca. E com esses jogadores que jogaram ontem não existe confiança. Cada vez que o adversário ataca, é um transtorno. O Flamengo tem um problema seríssimo na defesa. Desestabiliza o time inteiro. Essa defesa do Flamengo sem o Rodrigo Caio é próxima ao ridículo”, declarou.

Agora, Rodrigo Caio deve seguir fora nos próximos compromissos do Flamengo na temporada. Sendo assim, o zagueiro não vai estar em campo contra Coritiba e Racing, e Rogério Ceni vai precisar seguir lidando com os efeitos causados pelo desfalque do defensor.

LEIA MAIS