Globo vence FIFA na Justiça e se livra de dívida milionária

Emissora não terá que pagar restante do contrato

Matheus Camargo
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Reprodução

A Globo se livrou de ter que arcar com uma dívida milionária com a FIFA após vencer a entidade em segunda instância nesta semana. A emissora quebrou contrato e revelou não ter intenção de pagar o restante das parcelas do acordo assinado anteriormente envolvendo todas as competições da FIFA até 2022. Com isso, o caso foi parar nos tribunais.

Segundo o UOL Esporte, a dívida gira em torno de 90 milhões de dólares (cerca de R$ 480 milhões), mas a Globo afirmou que os valores “foram da realidade atual do mercado”.

Além disso, a Globo usou como justificativa o fato dos adiamentos das competições FIFA durante a pandemia, o que lhe causou prejuízo. A FIFA tentou impor uma liminar de emergência em setembro, mas não emplacou. O recurso foi julgado em segunda instância e as justificativas da TV Globo foram aceitar.

Acompanhe as notícias do seu time do coração pelo Facebook

O processo foi julgado na 6ª Vara Empresarial da Justiça do Rio de Janeiro e a emissora brasileira ganhou a razão. Agora a tendência é que todos os valores de um novo contrato sejam renegociados entre FIFA e Globo. A entidade ainda tem novas instâncias para recorrer, mas não deve levar o processo adiante.

Leia mais:
De fuga e insegurança a destaque e titularidade: como Patrick de Paula saiu de comunidade no RJ para se tornar peça-chave no Palmeiras