Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Jesus usa Ronaldo como exemplo e revela mudança pós-Copa: foco no gol

Atacante foi criticado durante a Copa do Mundo de 2018. Anos depois, Jesus segue colecionando gols pelo Manchester City

Rafael Brayan
Estudante de jornalismo. Colaborador especialista e editor-plantonista do Torcedores.Twitter: @rafaelbrayan_

Crédito: Ronaldo e Gabriel Jesus em 2018 (Lucas Figueiredo/CBF)

Após se recuperar de lesão e marcar contra o Liverpool, Gabriel Jesus está de volta à seleção brasileira. Nesta quarta-feira (11), o atacante do Manchester City falou sobre a mudança de objetivo após críticas na Copa do Mundo de 2018, na Rússia.

“Estou muito contente de voltar a fazer o que amo, jogar futebol. Pós-Copa mudei minha cabeça e vi que o que importa para um atacante é gol, é o que venho fazendo, aprimorando. Quero ajudar com gols aqui também, pois no final é isso que vai valer, que ganha jogo. Estou muito feliz por voltar a jogar futebol e fazer gols para ajudar meu time. Pra mim, o Ronaldo foi o melhor, assisto direto vídeos e quando tenho oportunidade de conversar com ele, tento tirar o melhor pra mim”, afirmou Gabriel Jesus em entrevista coletiva.

Maior goleador da Era Tite na seleção brasileira, Gabriel Jesus já superou Adriano Imperador e Ronaldo Fenômeno em gols na Liga dos Campeões da Europa. O atacante do Manchester City destacou idolatria pelos ex-jogadores e comemorou boa fase na Premier League.

“Fico contente de fazer gols não só na Champions, mas na Premier, e óbvio que acompanho marcas, números. Fico feliz de escrever minha história um pouco mais. Como sempre deixei claro, sou fã do Ronaldo e do Adriano e estou feliz por fazer gol como eles fizeram”, concluiu Jesus.

VEJA TAMBÉM:

Quais são os times dos 35 maiores cantores de funk do Brasil?

Gabriel Jesus dá dicas para Menino e diz que espera terminar história no Palmeiras

Gabriel Jesus defende Dome após saída do Flamengo: “A pegada do Brasil é diferente”