Lutador do UFC tem orelha destroçada após cotovelada de rival

Ramaz Brahimaj perdeu para Max Griffin após árbitro parar luta por lesão na orelha

Victor Martins
Um homem que acredita ser jornalista, escritor e 'chato'. Decidam vocês qual será a opção escolhida.Formado na Universidade Metodista de São Paulo. No Torcedores desde 2016 ou algo parecido.

Crédito: Reprodução

O UFC Vegas 13, disputado no último sábado (7), teve momentos que agitaram o fim de semana do MMA. Um deles foi causado por Max Griffin em sua vitória por nocaute técnico sobre Ramaz Brahimaj, em que a orelha deste último sofreu.

Griffin dominava a luta conta Brahimaj no terceiro round quando uma cotovelada de ‘Pain’ acabou atingindo a orelha do adversário, que acabou destroçada e quase arrancada. A luta foi interrompida e quando foi notada a gravidade da lesão, o árbitro da luta, Mark Smith, decidiu encerrar o duelo. (Aviso: IMAGEM FORTE)

A gravidade da lesão foi tanta que a transmissão do UFC, que geralmente exibe a sequência final de golpes dos vencedores por nocaute ou finalização decidiu não reprisar a cotovelada de Griffin, apenas exibindo a comemoração do lutador.

Max Griffin voltou a vencer após duas derrotas para Alex Morono e Alex Cowboy, sendo sua quarta vitória dentro do UFC. Já Brahimaj havia feito sua estreia no Ultimate e vinha de vitória sobre Carlos Martinez no LFA.

LEIA MAIS

UFC Vegas 13: Glover Teixeira finaliza Thiago Marreta no terceiro round