Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

“Neymar ficou a 20 milhões de euros de voltar ao Barça”, diz ex-diretor do time catalão

Clube catalão tentou trazer Neymar de volta em 2019, mas “esbarrou” nos números pedidos pelo PSG

Marcel Thomé
Jornalista e assessor de imprensa

Crédito: Divulgação/PSG

A negociação do Barcelona com o Paris Saint-Germain para recontratar o atacante Neymar, no ano passado, ganhou alguns detalhes revelados por Javier Bodas, então vice-presidente do clube espanhol.

Em entrevista ao programa “El Partidazo”, da “rádio COPE, da Espanha, o ex-dirigente explicou que por muito pouco Neymar não retornou.

Oferecemos ao PSG 110 milhões de euros (cerca de R$ 708 milhões) mais Todibo, Rakitic e o empréstimo de Dembélé”, disse Bodas.

Eles queriam 130 milhões de euros (aproximadamente R$ 836 milhões), Todibo, Rakitic e o empréstimo de Dembélé. Neymar esteve a 20 milhões de euros de voltar”, completou o ex-diretor.

Mbappé seria o substituto de Neymar no time catalão

Bodas confirmou ainda que Mbappé esteve na mira do Barcelona em 2017, para substituir Neymar. No entanto, o jovem francês que atuava pelo Monaco acabou aceitando uma oferta do PSG.

Nós tentamos acertar com o Mbappé e Dembélé juntos. Nós queríamos o Mbappé assim que o Neymar foi embora, porque nós sabíamos que o Real Madrid não poderia tê-lo, uma vez que tinha o trio BBC (Bale, Benzema e Cristiano Ronaldo) e o Monaco queria vendê-lo para um clube que não fosse um rival direto. Nós fizemos uma oferta de 100 milhões de euros e acreditávamos que era uma proposta alta, mas dois dias antes do fechamento do mercado, o PSG contratou“, contou o ex-dirigente.

LEIA MAIS: