Brandon Moreno pede revanche contra Deiveson: “Estou pronto”

Mexicano acabou empatando luta com brasileiro Deiveson Figueiredo no último final de semana no UFC 256

Victor Martins
Um homem que acredita ser jornalista, escritor e 'chato'. Decidam vocês qual será a opção escolhida.Formado na Universidade Metodista de São Paulo. No Torcedores desde 2016 ou algo parecido.

Crédito: Divulgação/Facebook Oficial UFC Brasil

Brandon Moreno resistiu até o fim a Deiveson Figueiredo e a potência de seus golpes na luta principal do UFC 256. Como resultado, a luta terminou empatada e sem que o mexicano tirasse o título das mãos do brasileiro.

Depois da segunda luta em três semanas, o ‘Asssassin Baby’ quer aproveitar o fim de no para descansar. Mas já mira voltar a lutar pelo Ultimate já no começo de 2021. De preferência lutando contra aquele a quem não conseguiu desbancar na divisão dos moscas.

“Depois destas oito últimas semanas de 2020, preciso ir para casa e descansar. O Deiveson tem o meu respeito, ele lutou ao mesmo tempo que eu e aceitou a luta em cima da hora. Ele é o campeão e, normalmente, o campeão demora para descansar e recuperar o corpo. Ele não, ele aceitou a luta. Tenho muito respeito por ele. Preciso descansar agora com a minha família e, em 2021, quero a revanche. Estou pronto!”, disse Moreno à ESPN americana.

Diante de uma luta tão acirrada, o mexicano revelou que a trocação com o brasileiro fez que o resultado no corpo fossem dores. No entanto, tal dor é aceitável diante do que Moreno tinha como objetivo na luta.

“Para ser sincero, sinto dor em todo o meu corpo, mas também me sinto feliz. Eu queria o título, queria levar essa alegria para o meu país e a minha família, mas é o que é. Estou muito feliz por ter aproveitado essa oportunidade. Estou pronto para voltar para casa e ficar com meus filhos, é tudo o que preciso. Não fiquei feliz pelo resultado, mas fiquei feliz por ter feito uma boa luta, achava que poderia ter pressionado mais no quinto round, mas é isso”, disse.

LEIA MAIS

Dana White exalta Charles do Bronx por atuação contra Tony Ferguson

(Crédito da foto: Divulgação/Facebook Oficial UFC Brasil)