Torcedores – Notícias Esportivas

Charles do Bronx pleiteia ‘title shot’ se vencer Tony Ferguson

Brasileiro enfrentará ex-desafiante pelo cinturão no UFC 256, no próximo dia 12

Victor Martins
Formado na Universidade Metodista de São Paulo. No Torcedores desde 2016 ou algo parecido.Antes trabalhei para a GG12 (empresa de prestação de serviços de conteúdo para sites), prestando serviços para sites como Federação Paulista de Futebol, Chico Lang, 10dofutebol, Milton Neves, Rádio Capital e outros,

Crédito: Divulgação/Facebook Oficial UFC Brasil

Charles do Bronx é mais uma das atrações do UFC 256, no próximo dia 12, ao enfrentar Tony Ferguson. Uma luta a qual o brasileiro acredita que pode o credenciar a lutar pelo cinturão dos leves do Ultimate.

Em entrevista site MMAFighting, do Bronx afirmou que não vê qualquer alternativa ao UFC de, se vencer ‘El Cucuy’, a não lhe dar a chance de lutar pelo cinturão da categoria até 70kg da organização.

“Está muito claro: quem vencer esta luta será o próximo desafiante. Se eu vencer essa luta, eu serei o próximo desafiante, sem dúvida. Venci sete lutas em seguida e, depois dessa, serão oito. Não quero deixar nas mãos dos juízes, vai ser pela via rápida. Oito consecutivas. Não posso mais esperar, serei o próximo desafiante”, disse o brasileiro.

Por causa da insistência de Dana White em ainda convencer Khabib Nurmagomedov em rever sua aposentadoria, a briga pelo cinturão da categoria ficou parada sem a perspectiva de que o título dos leves seja defendido no futuro próximo. Charles do Bronx acredita que o russo não irá voltar atrás e que é hora de que a cinta seja posta em disputa.

“O Conor McGregor se aposentou várias vezes, o Paul Felder também. Eles sempre vão e voltam, mas o Khabib é diferente. Pela família, religião… ele disse que está aposentado. Alguém me disse que ele jurou no túmulo do pai dele que ele não iria mais lutar. Se é verdade, o Khabib não vai mais voltar. Se ele voltar, ele iria contra a própria palavra e o pai dele.  Se isso for verdade, ele não vai voltar”, comentou.

LEIA MAIS

UFC: Covid-19 força adiamento de luta entre Chimaev x Edwards

(Crédito da foto: Divulgação/Facebook Oficial UFC Brasil)